Minas Consciente: alunos voltam à sala de aula em ensino híbrido

A implementação gradual do ensino híbrido nas escolas estaduais mineiras segue as diretrizes do Comitê Extraordinário Covid-19, a classificação das ondas no Plano Minas Consciente, e o protocolo de biossegurança da Secretaria de Estado de Saúde (SES/MG).

Assim se dá a definição das regiões em que a reabertura das unidades está ou será autorizada. Confira a lista de escolas abaixo.

Na última segunda-feira (14/6), escolas localizadas em municípios em onda amarela ou verde e em cidades onde as prefeituras não apresentaram restrições foram autorizadas a iniciar o retorno das atividades presenciais, com a volta dos professores.

Na próxima semana, a partir de 21/6, será a vez de os alunos retornarem nessas escolas.

Portanto, é importante entender a dinâmica das ondas de classificação do Minas Consciente para saber quando será o momento em que será possível voltar às salas de aula em cada unidade de ensino. A Secretaria de Estado de Educação (SEE/MG) acompanha semanalmente as evoluções das ondas no estado para organizar esse processo de forma planejada e segura para todos.

Vale lembrar que mesmo quando este momento chegar, a decisão sobre em enviar os filhos ou não para as atividades presenciais é sempre da família. As teleaulas e os Planos de Estudos Tutorados (PETs) seguem sendo disponibilizados normalmente para todos os alunos e o ensino remoto não será interrompido.

Onda amarela ou verde

De acordo com o Minas Consciente, sempre que algum município for classificado na onda amarela ou verde, podendo ser consideradas também as microrregiões, será possível a retomada das atividades presenciais, desde que não exista nenhum decreto municipal de impedimento.

A retomada das atividades escolares presenciais se dará a partir dos anos iniciais do ensino fundamental, nível de ensino com estudantes em fase de alfabetização e com maior necessidade de apoio presencial para o processo de aprendizagem e para a criação de vínculos com as escolas e os professores.

Havendo disponibilidade, o retorno sempre se dará primeiramente com o acolhimento dos professores e profissionais nas escolas em uma semana e, na semana seguinte, com a volta dos alunos.

Essa dinâmica gradual e alternada – de acolhimento primeiramente dos profissionais e na outra semana dos alunos – deve prevalecer para a retomada em cada unidade de ensino. Por isso, é importante que as famílias também fiquem atentas às comunicações feitas pelas escolas para que recebam todas as orientações necessárias. Em caso de dúvidas, o contato com o gestor escolar é de extrema importância para esclarecimentos das informações da respectiva unidade de ensino.

No ensino híbrido, haverá alternância entre o atendimento presencial e o remoto. Na semana do dia 21/6, por exemplo, os alunos participam das atividades pedagógicas presenciais; na semana seguinte, as unidades de ensino não terão atividades presenciais e os professores farão o atendimento pelo aplicativo Conexão Escola. Já na outra semana, as atividades voltam a ser presenciais e assim por diante.

Regressão para onda vermelha

Ainda sobre o critério de mudança de onda, se algum município der o início ao acolhimento dos professores, mas tiver regressão da onda para vermelha antes da recepção dos alunos, a volta dos estudantes fica suspensa até que seja possível evoluir para as ondas com indicadores mais amenos, no caso, a amarela e a verde.

Contudo, é importante ressaltar que se a recepção presencial aos alunos já tiver sido inicializada e o município regredir para a onda vermelha, as atividades presenciais continuarão ocorrendo. Nestes casos, a diferença será nos protocolos sanitários que se tornam mais rígidos, conforme determinado pelo protocolo sanitário da SES/MG.

Minas Consciente

Com a divulgação da classificação das ondas desta quinta-feira (17/6), pelo Comitê Extraordinário Covid-19, e a regressão de algumas localidades para a onda vermelha, 87 escolas estaduais que ofertam os anos iniciais do ensino fundamental, localizadas em 17 municípios mineiros, poderão iniciar as atividades presenciais com os alunos na próxima segunda-feira (21/6).

Por outro lado, a SEE/MG e as Superintendências Regionais de Ensino estão finalizando o levantamento das escolas localizadas em municípios que progrediram para as ondas amarela ou verde e que poderão iniciar a recepção dos profissionais na próxima segunda-feira.

Guia de acolhimento

Nas escolas, o momento de retomada das atividades presenciais durante o ensino híbrido está sendo usado para estreitar laços – depois de mais de um ano apenas com atividades remotas -, reforçar a necessidade de acesso à informação oficial e evitar o repasse de informações inadequadas que acabem por gerar a sensação de insegurança nos profissionais.

Para isso, a SEE elaborou um “Guia de Acolhimento” para ajudar nesta etapa, com orientações para o recebimento, tanto dos profissionais, quanto dos alunos.

Confira lista de escolas e cidades que retornam as atividades nesta segunda-feira:

EE Herculano Martins, em Montezuma

EE da Fazenda Palmeiras, em Rio Pardo De Minas

EE Elesbão José Dos Santos, Rio Pardo De Minas

EE Elpídio Ribeiro Dos Santos, em Rio Pardo De Minas

EE Geraldino Francisco Da Silva, em Rio Pardo De Minas

EE José Cristiano, em Rio Pardo De Minas

EE Norberto De Almeida Rocha, Rio Pardo De Minas

EE Antônio Penna Sobrinho, em Caratinga –

EE Dom Carloto, em Caratinga

EE João Moreira Franco, em Caratinga

EE Mary Lucca Chagas, em Caratinga

EE Menino Jesus De Praga, em Caratinga

EE Princesa Isabel, em Caratinga –

EE Professora Maria Fontes, em Caratinga

EE Sinfrônio Fernandes, em Caratinga

EE Monsenhor Rocha, em Santa Bárbara Do Leste

EE Coronel Fabriciano Felisberto De Brito, em Antônio Dias

EE Germano Pedro De Souza, em Antônio Dias

EE Coronel Silvino Pereira, em Coronel Fabriciano

EE Intendente Câmara, em Coronel Fabriciano

EE Padre Deolindo Coelho, em Coronel Fabriciano

EE Professor Francisco Letro, em Coronel Fabriciano

EE Professora Celina Machado, em Coronel Fabriciano

EE Zacarias Roque, em Coronel Fabriciano

EE Capitão Egídio Lima, em Timóteo

EE Getúlio Vargas , em Timóteo

EE José Ferreira Maia, em Timóteo

EE Leôncio De Araújo, em Timóteo

EE Tenente José Luciano, em Timóteo

EE Antônio Martins Pereira, em Itabira

EE Dona Eleonora Nunes Pereira, em Itabira

EE José Ricardo Martins Fonseca, em Itabira

EE Major Lage ,em Itabira

EE Professor Manoel Soares, em Itabira

EE Professora Palmira Morais, em Itabira

EE Antonino Ferreira Mendes, em Rio Piracicaba

EE Marinho Silva, em Rio Piracicaba

EE Arthur Berganholi, em Araçuaí

EE Da Fazenda Diamantino, em Araçuaí

EE Hilário Pinheiro Jardim, em Araçuaí

EE José Dos Santos Neiva, Araçuaí

EE Professor Leopoldo Pereira, em Araçuaí

EE Professora Aparecida Dutra, em Araçuaí

EE Coronel Mariano Murta, em Coronel Murta

EE Cônego Figueiró, em Francisco Badaró

EE Presidente Juscelino Kubitschek, em Francisco Badaró

EE São Sebastião, em Francisco Badaró

EE Antônio Ramalho Mota, em Jenipapo De Minas

EE De Vereda Do Paraíso, em Ninheira

EE Deputado Chaves Ribeiro, em Taiobeiras

EE Dona Beti, em Taiobeiras

EE Professora Dona Preta, em Taiobeiras

EE Catulo Cearense, em Virgem Da Lapa

EE Olegário Maciel , em Virgem Da Lapa

EE São Domingos, em Virgem Da Lapa

EE De Belmiro Braga, em Belmiro Braga

EE Adolfo Ferreira De Barros, em Capitão Enéas

EE José Patrício Da Silveira, em Capitão Enéas

EE Nossa Senhora Da Guia, em Capitão Enéas

EE Dona Valentina Alkimim, em Claro Dos Poções

EE Cordiolino Souza Santos, Francisco Sá

EE Donato Santos, em Francisco Sá

EE Eliseu Laborne, em Francisco Sá

EE João De Deus Dias, em Francisco Sá

EE Zeca Guida, em Francisco Sá

EE Professor Oswaldo Simões, em Grão Mogol

EE Edmilson Bicalho Noronha, em Itacambira

EE Major Alexandre Rodrigues, em Mirabela

EE Santa Maria, em Mirabela

EE Antônio Figueira, em Montes Claros

EE Augusta Valle, em Montes Claros

EE Beato José De Anchieta, em Montes Claros

EE Carlos Versiani, em Montes Claros

EE Clóvis Salgado, em Montes Claros

EE De Santa Rosa De Lima, em Montes Claros

EE De São Pedro Da Garça, em Montes Claros

EE Deputado Esteves Rodrigues, em Montes Claros

EE Dom João Antônio Pimenta, em Montes Claros

EE Domingos Barbosa Braer, em Montes Claros

EE Dona Quita Pereira, em Montes Claros

EE Doutor Antônio Augusto Veloso, em Montes Claros

EE Doutor João Alves, em Montes Claros

EE Francisco Lopes Da Silva, em Montes Claros

EE Francisco Peres, em Montes Claros

EE Francisco Sá, em Montes Claros

EE Gonçalves Chaves, em Montes Claros

EE Irmã Beata, em Montes Claros

EE João De Freitas Neto, em Montes Claros

EE Monsenhor Gustavo, em Montes Claros

EE Professora Cristina Guimarães, em Montes Claros

EE Professora Dilma Quadros, em Montes Claros

EE Professora Helena Prates, em Montes Claros

EE Professora Marilda De Oliveira, em Montes Claros

EE Secundino Tavares, em Montes Claros

EE Simeão Ribeiro Dos Santos, em Montes Claros

EE Vereador Francisco Tofani, em Montes Claros

EE Zinha Prates, em Montes Claros

EE Mestre Braga, em São João Do Pacuí

Fonte: Agência Minas


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo