Mineiro suspeito de sequestrar filha de 3 anos é preso na fronteira do Brasil com o Paraguai

Um idoso de 60 anos foi preso acusado de sequestrar a filha de 3 anos. Ele foi detido nesse sábado (5), na fronteira entre o Brasil e o Paraguai.

Em abril, ele descumpriu uma decisão da Justiça de entregar a filha para a mãe, que mora em Lagoa Santa, na região metropolitana de Belo Horizonte. O homem fugiu para o Paraguai e desde então passou a ser procurado pela Interpol.

A Polícia Federal contou com o apoio Adidância da Polícia Federal no Paraguai e das autoridades policiais e judiciais do país vizinho. O idoso foi encontrado, preso e deportado.

A criança ficou aos cuidados do consulado brasileiro em Salto Del Guaira (Paraguai) até a repatriação e ser entregue novamente à mãe, que já tomou conhecimento da prisão do homem.

– A partir do momento em que se tornou foragido da Justiça, passou a pender contra si, alerta da Interpol, denominado ‘Difusão Vermelha’, e em nome da criança desaparecida, um alerta denominado ‘Difusão Amarela’. Tais mecanismos auxiliaram as polícias brasileira e paraguaia na localização do homem e da criança – informou o comunicado da Polícia Federal.

A Polícia Federal alerta que efetivar ato destinado ao envio de criança para o exterior sem as formalidades legais é crime punido com pena de reclusão de 4 a 6 anos.

Fonte: Guia Muriaé, com informações do Jornal O Tempo


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo