Motorista que matou enfermeiro em acidente é indiciado por homicídio culposo



Nessa quarta-feira (21), a Polícia Civil de Minas Gerais divulgou informações, em Juiz de Fora, sobre a investigação envolvendo um acidente de trânsito que causou a morte de um enfermeiro de 43 anos, no Bairro Quinta das Avenidas, no dia 4 de março. A vítima, que pilotava uma motocicleta, foi atingida por um carro que vinha na contramão. Na ocasião, o motorista do veículo, de 40 anos, fugiu do local do acidente, mas foi preso, posteriormente, e encaminhado à 1ª Delegacia Regional de Juiz de Fora.

Conforme a delegada Carolina Gonçalves, responsável pela investigação na 4ª Delegacia de Polícia Civil, o suspeito será indiciado por homicídio culposo na direção de veículo automotor, conforme disposto no artigo 302, parágrafo primeiro, inciso III, da Lei 9503/97. “Com pena aumentada por ter evadido do local”, enfatizou.




Segundo a autoridade policial, a principal testemunha ouvida, que chegou a prestar socorro ao motociclista, contou que o motorista do carro teria ultrapassado em uma curva fechada. “Desse modo, entendi que ele agiu com culpa consciente ao fazer a ultrapassagem”, concluiu.

Ainda conforme a delegada, o inquérito policial já foi relatado e enviado à Justiça.

Fonte: PCMG

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.