Home / Notícias / Região / Mulher é presa após envenenar e matar homem asfixiado em Manhuaçu

Mulher é presa após envenenar e matar homem asfixiado em Manhuaçu

Uma mulher de 22 anos foi presa pela Polícia Civil, nesse domingo (11), após envenenar e matar um homem asfixiado em Manhuaçu.

O sumiço do vendedor Geraldo Majela de Souza, 53 anos, foi registrado na sexta-feira (9). Ele saiu de casa em sua picape e não deu mais notícias. Familiares chegaram a fazer uma grande mobilização em buscas de notícias do mesmo, que era bastante conhecido na cidade.




Por volta das 7h de domingo, a Polícia Militar foi acionada por um morador da Rua Esperança, na Ponte da Aldeia. Ele relatou que sua vizinha lhe pediu ajuda para jogar um objeto no Rio Manhuaçu, que estava envolto a um lençol sujo de sangue. Após a recusa, o morador acionou a polícia.

O corpo foi encontrado na casa da autora, caído no piso da cozinha, amarrado em um lençol. A Perícia Técnica foi acionada e realizou os trabalhos de praxe. Foi constatado que o local teria sido limpa recentemente, supostamente no intuito de retirar o sangue que havia sido derramado. No local, foi recolhida uma garrafa de cerveja, um travesseiro, uma sacola com veneno para rato, R$ 315 em dinheiro e uma folha de cheque no valor de R$ 2 mil. A moradora não foi localizada.

Após trabalhos de inteligência, investigadores da Polícia Civil localizaram a autora no quarto de um hotel em Realeza. Ela confessou o crime e alegou legítima defesa, pois estaria sendo ameaçada pela vítima por conta de uma dívida de R$ 2 mil. No momento da prisão, ela teria confessado que matou Geraldo colocando veneno de rato na cerveja e depois o asfixiando com um travesseiro. Após o crime, a autora levou a picape da vítima para Vila Velha (ES). O carro foi localizado e apreendido.

A autora foi presa e conduzida Delegacia de Polícia Civil de Manhuaçu.

Fonte: Guia Muriaé, com informações do Portal Caparaó

Confira também

Suspeito de tráfico de drogas é preso em Ubá

Um homem de 36 anos foi preso, na madrugada desta sexta-feira (21), suspeito de tráfico …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *