Mulher é vítima de tentativa de homicídio em Alto Jequitibá



Uma mulher de 34 anos sofreu uma tentativa de homicídio, na madrugada desse domingo (29), em Alto Jequitibá. Um homem de 48 anos foi preso supeito de ser o autor do crime.

A vítima contou à polícia que estava em um bar e combinou um encontro amoroso com um cidadão. Os dois foram até o km 111 da MG 111, próximo a um viveiro de café.

O homem não teria conseguido prosseguir com a relação e a vítima fez um comentário de que seria por conta do uso de drogas.




Bastante irritado, ele pegou um pedaço de madeira e desferiu vários golpes na cabeça da vítima, que caiu ao solo.

O autor então carregou a vítima e a jogou dentro de uma caixa d’água nas proximidades do local do fato, pois acreditou que ela estava morta.

A vítima disse que se fingiu de morta e, após o autor sair do local, procurou socorro na casa de sua mãe. Logo que chegou a residência, ela desmaiou.

Durante rastreamento, o autor foi localizado. Ele negou os fatos, dizendo que teria passado a noite na residência de seu genro, versão esta desmentida pelo mesmo. O autor foi preso e conduzido a Delegacia de Plantão de Manhuaçu.

Já a vítima foi levada para o hospital de Carangola. Ela apresentava ferimentos na região do crânio, hematoma no olho esquerdo, escoriações e inchaço em membros inferiores.

Fonte: Guia Muriaé

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.