Novos apartamentos do “Minha Casa, Minha Vida” terão sistema de captação de energia solar em Cataguases

Minha Casa, Minha Vida em Cataguases

O Gerente Geral da agência Cataguases da Caixa Econômica Federal, José Romero Barbosa, e o Secretário Municipal de Obras de Cataguases, José Maria Sasso, receberam das mãos do Diretor Regional da PWG Incorporações e Participação Limitada, Eurico Pousa, na tarde do último dia 28 de setembro, o projeto preliminar da construção de 850 apartamentos do Programa Minha Casa Minha Vida – PAC 2. Atualmente, estão sendo concluídos 464 apartamentos deste mesmo programa, em loteamento situado no Bairro São Marcos.

O novo empreendimento imobiliário será erguido no Bairro Justino, logo na saída para o Distrito de Aracati pelo mesmo grupo empresarial (PWG) que conclui as obras no São Marcos. O novo condomínio vai se chamar José Simões Lobo – “Zé Davi”. Segundo informou o Secretário Municipal de Obras, José Maria Sasso, a Prefeitura, agora, vai informar à Caixa Econômica Federal a capacidade de realizar os serviços municipais básicos de infra-estrutura como coleta de lixo, urbanização, entre outros no novo condomínio.

“A partir do momento em que a Caixa receber a comunicação oficial da Prefeitura comprometendo-se a realizar os serviços básicos no novo condomínio, ela está livre para assinar o contrato com a construtora imediatamente”, acrescentou José Maria. Ele informou ainda que o layout dos prédios será encaminhado à Câmara Municipal para avaliação e posterior aprovação. Eurico Pousa, revelou que todos os apartamentos vão utilizar o sistema de captação de energia solar e as paredes da cozinha serão revestidas de azulejo.

Todas as etapas do Programa Minha Casa, Minha Vida é supervisionado pela Caixa Econômica Federal, explica José Romero Barbosa. Cabe a ela validar as pessoas que vão receber os apartamentos, analisar o projeto de construção, selecionar a empreiteira, contratar a obra, acompanhar sua execução, liberar os recursos conforme cronograma e, concluído o empreendimento, contratar o parcelamento com as famílias selecionadas.

Fonte: Marcelo Lopes


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo