Operação “Expedito” é deflagrada em Tombos



Na manhã desta quinta-feira (19), a Polícia Civil de Minas Gerais, por meio da 4ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Muriaé e da 38° Delegacia de Polícia de Tombos, juntamente com a Polícia Militar de Minas Gerais, por meio do canil do 47º BPM de Muriaé, 95ª Cia PM de Carangola e 4º Pelotão PM de Tombos, deflagraram a operação “Expedito” ma cidade de Tombos.

Foram cumpridos sete mandados de busca e apreensão, expedidos pela Justiça de Tombos, com o parecer favorável do Ministério Público, dos quais seis mandados foram em desfavor de três adolescentes infratores e de três adultos, suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas e associação ao tráfico na cidade de Tombos. Já um mandado de busca foi contra um jovem, de 28 anos, suspeito de tentativa de estupro e estupro consumado, crimes estes ocorridos nesse ano também na cidade de Tombos.




Durante as buscas, foram encontradas uma porção de maconha, sacoles e apetrechos de tráfico que se encontrava na posse de um adolescente de 16 anos e, na residência do suspeito de estupro, de 28 anos, foi apreendida uma bermuda e um celular, objetos estes que irão instruir inquérito policial em trâmite na Delegacia de Tombos.

O adolescente foi apreendido e conduzido à Delegacia de Polícia para prestar esclarecimentos, sendo acompanhado por sua genitora. O suspeito da tentativa de estupro e estupro também irá prestar esclarecimentos na tarde de hoje.

Participaram da operação 30 policiais civis e militares de Muriaé, Carangola e Tombos e, nessa empreitada policial, foram utilizados dois cães farejadores.

A operação recebeu o nome de “Expedito”, por ser hoje dia de Santo Expedito, patrono dos policiais civis e militares, e foi coordenada por José Roberto Demétrio, delegado regional de Muriaé, Diêgo Candian Alves, delegado adjunto de trânsito de Muriaé e respondendo pelos expedientes da 38ª Delegacia de Polícia de Tombos, e tenente João Batista, comandante Pelotão PM de Tombos.

Fonte: Guia Muriaé

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.