Operação No Mercy apura desvio de recursos públicos recebidos pela Santa Casa de Misericórdia de JF

Foram expedidos mandados de busca e apreensão, de afastamento de cargos e empregos e de sequestro de imóveis e indisponibilidade de bens que somam mais de R$ 8,5 milhões

Guia Muriaé no WhatsApp

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio da 22ª Promotoria de Justiça de Juiz de Fora e da Coordenadoria Regional das Promotorias de Justiça de Defesa da Saúde da Macrorregião Sanitária Sudeste

, com apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) da Zona da Mata e do Ministério Público do Rio de Janeiro, realizou, na manhã desta quinta-feira, 15 de junho, a Operação No Mercy. Foram cumpridos mandados de busca e apreensão, de sequestro de imóveis, de indisponibilidade de bens e de afastamento de cargos e empregos, todos expedidos pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Juiz de Fora.

As investigações começaram a partir de denúncias encaminhadas ao Ministério Público que reportavam favorecimentos pessoais e desvio de recursos públicos e privados da área de saúde. Provas produzidas e apresentadas para o Poder Judiciário indicam que os ilícitos apurados podem ter provocado desvio de verbas da área de saúde de cifras milionárias.

Com base nas provas apresentadas, foram expedidos mandados de busca e apreensão que estão sendo cumpridos nas cidades de Juiz de Fora e Rio de Janeiro/RJ. Além de busca e apreensão, estão sendo cumpridos os mandados de sequestro de imóveis e indisponibilidade de ativos financeiros que somam R$ 8.679.400,84 (oito milhões, seiscentos e setenta e nove mil, quatrocentos reais e oitenta e quatro centavos).

Também estão sendo efetivadas medidas cautelares criminais diversas da prisão consistente no afastamento de cargo e suspensão de contratos identificados como suspeitos.

Com a operação, o MPMG visa estancar o desvio de verbas da área da saúde e arrecadar as últimas provas para demonstrar a individualização da participação e do favorecimento indevido dos envolvidos.

Cautelar Inominada Criminal nº. 5019605-54.2023.8.13.0145

Fonte: MPMG

WhatsApp Receba nossas notícias direto no seu WhatsApp! Envie uma mensagem para o número (32) 99125-5754 ou pelo link https://wa.me/5532991255754
Seguir o Guia Muriaé no Google News
📲 Acompanhe o GUIA MURIAÉ - Facebook / Instagram / Telegram / Threads / TikTok / Twitter / YouTube / WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Guia Muriaé no WhatsApp
Botão Voltar ao topo