Home / Notícias / Região / Pesquisador mineiro da UFV é premiado com US$ 100 mil pela Fundação Bill Gates

Pesquisador mineiro da UFV é premiado com US$ 100 mil pela Fundação Bill Gates

Um projeto de uma máquina leve, fácil de manusear e específica para mulheres agricultoras rendeu ao pesquisador mineiro Ricardo Capúcio de Resende, da Universidade Federal de Viçosa (UFV), o prêmio da 11ª edição do Grand Challenges Explorations. O Grand Challenges é uma iniciativa da Fundação Bill e Melinda Gates. O projeto concorreu com 2.700 propostas de cientistas de todo o mundo. Além dele, outros dois brasileiros foram premiados: o farmacêutico Floriano Paes Silva Junior, da Fiocruz, no Rio de Janeiro, e o engenheiro agrônomo Mateus Marrafon, pesquisador do Instituto Kairós, de Itu, São Paulo.

A máquina semeadora desenvolvida por Resende não tem similar no mercado. As semeadoras disponíveis, além de precisarem ser puxadas por trator ou por animal, não são tão eficientes quanto a proposta pelo engenheiro e custam mais caro. “É uma máquina simples e, por isso, o custo é baixo e a manutenção é mais barata”, diz o engenheiro. “Além disso, qualquer pessoa pode manusear. Tenho certeza de que vai ajudar muita gente.”




A premiação equivale a um investimento de US$ 100 mil. Esses recursos vêm tanto da Fundação Bill e Melinda Gates como das Fundações de Amparo à Pesquisa (FAPs) dos estados com propostas selecionadas. No caso de Ricardo Resende, a Fapemig também irá investir recursos no projeto. Vale lembrar que, se o estudo for bem sucedido, o pesquisador pode concorrer a um financiamento extra de até US$ 1 milhão.

Durante o anúncio dos vencedores, que aconteceu em cerimônia realizada no Rio de Janeiro, o diretor adjunto de Descoberta e Pesquisa Translacional da Fundação Bill & Melinda Gates, Steven Buchsbaum, afirmou que “o nível de excelência dos três projetos reforça a aposta da Fundação na capacidade de inovação dos pesquisadores brasileiros para atacar problemas globais de desenvolvimento. O Brasil é hoje o quarto país que mais envia propostas ao GCE– atrás apenas dos Estados Unidos, Índia e Reino Unido”, completou.

Inscrições




O Grand Challenges Explorations está com inscrições abertas até 12 de novembro para mais uma edição. Assim como nas anteriores, o objetivo é promover a inovação na pesquisa em saúde global. Clique aqui para saber mais informações. Criado em 2008, pela Fundação Bill & Melinda Gates, o programa já financiou cerca de 850 pesquisadores do mundo todo e investe US$ 100 milhões em pesquisas para expandir o fluxo de ideias inovadoras. O financiamento está aberto a qualquer profissional, independente do nível de curso. Duas vezes ao ano, as chamadas são abertas para o apoio. Para participar, os candidatos devem sugerir soluções de impacto, que não existam no mercado.

Fonte: Agência Minas / Foto: Divulgação/Fundação Bill e Melinda Gates





Confira também

Hospital Regional de MG abre 135 vagas com salários de até R$ 9 mil

Começam nesta quarta-feira (1º) as inscrições para o preenchimento de 135 vagas para contratação imediata …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Experimentoe o Novo Livre