Home / Notícias / Região / PM procura ladrão que furtou duas motocicletas em sequência em Manhumirim

PM procura ladrão que furtou duas motocicletas em sequência em Manhumirim

Um homem é procurado pelo furto de duas motocicletas em sequência, na manhã desta quarta-feira (12), na cidade de Manhumirim. Ele furtou uma motocicleta e, minutos depois, deixou o veículo no Centro da cidade, onde furtou outra moto.

Por volta das 9h, a Polícia Militar foi acionada por uma das vítimas, de 33 anos, que relatou que havia deixado sua motocicleta Honda CG 125 Titan, de cor verde, estacionado com as chaves na ignição, em frente à residência onde estava trabalhando, no bairro Nossa Senhora Aparecida. Momentos depois, quando já estava dentro da casa onde ia fazer um serviço, a vítima viu um homem alto, moreno, trajando uma blusa escura e tênis de cor laranja, pegar a motocicleta e sair em direção ao Centro da cidade.

A equipe policial saiu em rastreamento para tentar localizar o veiculo furtado quando recebeu a informação de que um pedreiro, de 27 anos, teve sua motocicleta furtada em frente ao seu local de trabalho no Centro da cidade. Esta segunda vítima relatou que possui uma motocicleta Honda CG 125 FAN, de cor preta, e que este veículo havia sido furtado. Todavia o autor deixou outra moto no lugar da que fora levada.




Os policiais constataram que a moto abandonada pelo autor era a que havia sido furtada minutos antes, no bairro Nossa Senhora Aparecida. As duas vítimas informaram que seus veículos estavam com o tanque de combustível na reserva, talvez seja este o motivo de o autor ter furtado outra motocicleta. A vítima da segunda moto furtada relatou que não havia deixado as chaves na ignição, como no caso da primeira moto, e que o autor abandonou a primeira motocicleta subtraída com as chaves.

A PM segue em rastreamento para levar informações sobre o veículo furtado e o autor.

Fonte: Guia Muriaé





Confira também

Imagens derramam lágrimas e impressionam fiéis de igreja na região; assista ao vídeo

A comunidade católica de Astolfo Dutra acredita um “milagre” possa ter acontecido em uma igreja …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Experimentoe o Novo Livre