Home / Notícias / Região / Polícia Civil apreende cerca de 180 kg de maconha em Juiz de Fora

Polícia Civil apreende cerca de 180 kg de maconha em Juiz de Fora

Nessa segunda-feira (1º), a Polícia Civil de Minas Gerais deflagrou uma ação, no município de Juiz de Fora, a fim de combater o tráfico ilícito de drogas.

Durante a manobra, 200 tabletes de maconha foram apreendidos em um sítio, localizado no distrito de Torreões. Um homem de 53 anos foi preso em flagrante, suspeito de cometer o crime de tráfico.

De acordo com o Titular da Delegacia Especializada Antidrogas, Delegado Rafael Gomes, além da droga, também foram apreendidos R$1.900 e um revólver calibre 22 e munições. “As investigações continuam em andamento para identificar outros membros da organização criminosa”, destacou.




Segundo o Delegado Regional de Juiz de Fora, Armando Avólio Neto, essa é a segunda apreensão de grande quantidade de entorpecentes na cidade, após a atuação de policiais civis em meio a um trabalho de investigação qualificada. “Durante diligências, no dia 23 de maio, policiais civis da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos também encontraram cerca de 180 quilos de maconha, crack e três armas de calibres restritos e munições, na cidade”, destacou, complementando que outras diligências como essas serão realizadas no município e região, com o intuito de retirar de circulação armas e drogas e de combater o tráfico.

Na avaliação do Chefe do 4º Departamento, Delegado-Geral Gustavo Adélio Lara Ferreira, os resultados obtidos com essas ações deflagradas nos últimos dias – acerca de prisões e apreensões de entorpecentes – também se devem ao empenho das equipes de policiais civis, que têm atuado, incessantemente, no combate à criminalidade, inclusive, no âmbito de todo o Departamento, que abrange as Delegacias Regionais de Juiz de Fora, Ubá, Leopoldina, Muriaé e Viçosa.

Fonte: PCMG





Confira também

Caminhoneiro morre atropelado pelo próprio veículo

Nesta sexta-feira (3), por volta das 6h30, no km 709 da BR-040, em Barbacena, no …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Experimentoe o Novo Livre