Polícia Civil deflagra operação “Bomboniere II” em Juiz de Fora e região



Na manhã desta quinta-feira (6), a Polícia Civil de Minas Gerais deflagrou a operação “Bomboniere II”, como desdobramento da ação desencadeada em fevereiro que resultou na maior apreensão de drogas sintéticas da história da cidade, avaliadas em aproximadamente 1,5 milhão. Foram efetuadas as prisões de três irmãos, de 22, 24 e 27 anos, que seriam os donos das drogas apreendidas anteriormente. O trio seria responsável pela distribuição delas em todo Brasil.

Outro homem, de 20 anos, que seria funcionário dos suspeitos, também foi localizado. De acordo com informações do titular da Delegacia Especializada de Antidrogas, delegado Rafael Gomes, eles foram presos no município de Rio Novo. Seis mandados de busca e apreensão também foram cumpridos em Juiz de Fora, São João Nepomuceno e Rio Novo. De acordo com o delegado, foram apreendidos 2.000 pontos de LSD, haxixe, maconha, além de três veículos, sendo um Golf, um Audi e uma caminhonete Amarock. Além desses resultados, em fevereiro, a PCMG localizou mais de 22 mil pontos de LSD, 3.450 comprimidos de ecstasy e 1,6 quilos de MD, bem como prendeu um jovem de 22 anos, suspeito de guardar e vender a droga.




Os jovens de 20 e 22 anos não possuem passagens pela Polícia. Já os outros possuem processo em tramitação na Justiça Federal pelo crime de tráfico de drogas sintéticas. Eles foram encaminhados ao Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) de Juiz de Fora.

Fonte: PCMG

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.