Polícia Civil prende funcionário público por explorar sexualmente adolescentes

Um funcionário público municipal, de 50 anos, foi preso em Verdelândia, no Norte de Minas, após investigação da Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), que apurou crimes de estupro de vulnerável e favorecimento da prostituição de adolescentes. O mandado de prisão preventiva foi cumprido na última quarta-feira (2/5).

As investigações, conduzidas pela equipe especializada de Atendimento à Mulher, Criança e Adolescente, em Janaúba, apontaram que o suspeito saía com adolescente em bares e em seguida as levava para motéis nas cidades de Jaíba e Janaúba.

Durante as investigações, a Polícia Civil apurou que um ex-motorista do conselho tutelar da cidade de Verdelândia saía com algumas adolescentes para bares, onde faziam uso de bebidas alcoólicas e, em seguida, as levava para motéis na cidade de Jaíba e Janaúba. “As jovens recebiam pequenas quantidades em dinheiro ou presentes para terem relação sexual com o suspeito e outros homens”, esclarece a delegada Gessiane Soares Cangussu.

Após reunir provas contra o suspeito em inquérito policial, a delegada representou ao Poder Judiciário pela decretação da prisão preventiva. Ele foi ouvido na delegacia e encaminhado ao sistema prisional.

As investigações prosseguem para averiguar a participação de outros envolvidos nos crimes. O inquérito policial deve ser encaminhado à Justiça nos próximos dias.

Fonte: PCMG


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo