Polícia Civil prende suspeito de estuprar e engravidar jovem em Ewbank da Câmara

A Polícia Civil de Minas Gerais realizou, nesta sexta-feira (22/10), a operação “Vulnerabile”, na cidade de Juiz de Fora. O objetivo da ação foi prender um indivíduo, de 24 anos, suspeito de estuprar e engravidar uma jovem, de 21 anos, portadora de tropostamose congênita e microcefalia, no município de Ewbank da Câmara.

O crime foi descoberto durante uma ultrassonografia realizada para investigar a suspeita da mãe da vítima, que imaginou que a filha tivesse com hérnia umbilical devido a um inchaço na barriga e dores frequentes. Durante o exame foi detectado pelo médico responsável se tratar de uma gestação de aproximadamente sete meses, de uma criança do sexo masculino, o que causou grande surpresa a família, tendo em vista que as patologias da vítima fazem com que a mesma não consiga andar nem falar, apenas se comunicando eventualmente por gestos.

O delegado responsável pela operação, Daniel Gomes destacou que, ao tomar conhecimento do fato a equipe policial rapidamente iniciou as diligências e conseguiu elucidar o fato. “Já ouvimos os envolvidos no caso, inclusive o autor que confessou ter cometido o crime, e com base nisso representamos pela prisão preventiva do mesmo, que concedida nesta tarde já foi devidamente cumprida”, explicou o delegado.

O investigado foi encaminhado ao Sistema Prisional em Santos Dumont e, devido à condição de saúde da vítima, responderá pelo crime de estupro de vulnerável e se condenado poderá pegar uma pena de 8 a 15 anos de reclusão.

Fonte: PCMG


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo