Home / Notícias / Região / Polícia Civil prende suspeitos de latrocínio em São João do Manhuaçu

Polícia Civil prende suspeitos de latrocínio em São João do Manhuaçu

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) realizou, nesta terça-feira (2), operação policial para cumprimento de mandados de prisão dos suspeitos de latrocínio, cometido no dia 2 de janeiro, que vitimou Antônio Salvador Pereira da Silva, de 53 anos, em São João do Manhuaçu.

Após exatamente seis meses de investigações, as equipes de policiais civis realizaram a prisão dos suspeitos que haviam fugido para a Região Metropolitana de Belo Horizonte e estavam escondidos no bairro Jardim Teresópolis, em Betim.

Conforme levantamentos, a vítima havia recebido uma indenização através de uma ação judicial e, quando foi ao banco para sacar, encontrou ocasionalmente com os suspeitos, amigos dele, no interior da agência. Após tomarem conhecimento da quantia em dinheiro que a vítima recebeu, a dupla planejou o assalto. O homem e a esposa. então convidaram um adolescente e foram para a cidade de São João do Manhuaçu.




Após encontrar com a vítima em um bar, foram para a casa dela, onde cozinharam e fizeram uso de bebidas e depois foram embora. Durante a madrugada, retornaram para roubar o dinheiro enquanto a vítima dormia e, quando a vítima acordou e os reconheceu, foi atingida com diversos golpes de faca e não resistiu aos ferimentos.

A equipe da Delegacia de Furtos e Roubos de Manhuaçu realizou a investigação e identificou os suspeitos, descobrindo que a maior parte do dinheiro havia sido depositada pela vítima e esclareceu toda a dinâmica dos fatos.

De posse dos mandados de prisão expedidos pelo Poder Judiciário, a unidade solicitou apoio à Delegacia Regional de Betim para cumprimento dos mesmos, sendo as prisões realizadas na manhã desta terça-feira (2).




Os suspeitos foram encaminhados ao Sistema Prisional, onde ficarão à disposição da Justiça.

Fonte: PCMG





Confira também

Casal é preso por tráfico de drogas na região central de Cataguases

Um homem de 50 anos e uma mulher de 24 anos foram presos, na noite …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Experimentoe o Novo Livre