Home / Notícias / Região / Polícia Civil prende vereador de Betim por acidente com morte de motociclista

Polícia Civil prende vereador de Betim por acidente com morte de motociclista

Indiciado por homicídio doloso e fraude processual, o vereador em Betim, José Afonso de Oliveira (Pãozinho), acaba de ser preso pela Polícia Civil. Segundo o delegado Fábio Werneck, de Esmeraldas, investigações apontaram o parlamentar como a pessoa que, no dia 20 de setembro, dirigia um carro alugado pela Câmara Municipal e se envolveu num acidente que matou o vigilante Robertt Ângelo, de 24 anos, que pilotava uma moto, na estrada que liga Betim a Esmeraldas.

Ao concluir o inquérito sobre o caso, o delegado pediu a prisão preventiva do vereador, o que foi decretado pela Justiça nesta quarta-feira (21). Inicialmente, o filho de Pãozinho, Rafael Afonso de Oliveira, de 20 anos, se apresentou como a pessoa que dirigia o veículo na hora do acidente. Mas a investigação da Polícia Civil apurou que era o próprio vereador o motorista. Foram indiciados também uma cunhada e três sobrinhos do vereador: a mulher por falso testemunho e os outros três por falso testemunho e desobediência. Já Rafael não foi indiciado, mas vai responder por auto acusação falsa, por ter se apresentado como o condutor do veículo.




O delegado Fábio Werneck vai divulgar outras informações sobre o caso na próxima semana.

Fonte: PCMG





Confira também

Aprovado desconto automático nas tarifas de água e luz em Minas

A última edição do Diário Oficial do Estado de Minas Gerais, publicada no sábado (4), …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Experimentoe o Novo Livre