Polícia Civil realiza operação “Saturação II” em Juiz de Fora

Guia Muriaé no WhatsApp

A Polícia Civil de Minas Gerais realizou, entre a noite de quinta-feira (26/8) e a madrugada desta sexta (27/8), a operação policial “Saturação II”, visando combater roubos e furtos, em diversas regiões do município de Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira.

A primeira etapa da manobra foi desencadeada em maio deste ano. As ações promoveram saturação de policiamento em pontos estratégicos, conhecidos como zonas quentes de criminalidade, contribuindo para identificar suspeitos envolvidos na prática desses crimes. Os levantamentos visam auxiliar na apuração de, pelo menos, 21 roubos ocorridos entre maio e agosto deste ano.

Mapeamento de áreas

A Polícia Civil esteve presente em vários locais de Juiz de Fora, buscando identificar e qualificar suspeitos de delitos patrimoniais, realizando incursões em regiões com maiores índices de criminalidade, após mapeamento de áreas. “A Delegacia Especializada de Repressão a Roubos, em conjunto com o Setor de Inteligência da 1ª Delegacia Regional de Polícia Civil em Juiz de Fora, continuou o mapeamento das zonas com maiores incidências de roubos na cidade, bem como a análise do tipo de ação, horário e perfil dos autores”, explica o delegado Rogério Woyame.

Ainda segundo ele, conforme levantamentos, os crimes ocorrem, em sua maioria, na modalidade de roubo a transeuntes. “O suspeito utiliza facas ou simula estar armado. Geralmente, os crimes estão acontecendo como os conhecidos ‘crimes de oportunidade’, quando não há um alvo certo para a ação e, sim, os criminosos se aproveitam das circunstâncias para realizar a subtração. A Polícia Civil, por meio de investigações, percebeu que o perfil dos criminosos não foi alterado, assim como na ação anterior, e os principais autores continuam sendo os usuários de entorpecentes”, conclui, complementando que outras ações serão deflagradas na cidade.

Trabalhos investigativos em andamento

De acordo com o titular da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos, a operação da PCMG teve o objetivo de produzir elementos de informação para auxiliar na apuração de 21 roubos, ocorridos entre maio e agosto deste ano. “Esse tipo de ação é sempre muito produtiva para as investigações, pois, com esses levantamentos preliminares – que indicam quem seriam os suspeitos das condutas, os locais e horários que podem ser encontrados-, a Polícia Civil empenha seus esforços em realizar um monitoramento para abordar, qualificar e identificar esses suspeitos, produzindo provas para inquéritos em andamento na unidade”, destaca.

Outras ações

Ainda nesta semana, na manhã de terça-feira (24/8), a Polícia Civil de Minas Gerais deflagrou outra ação na cidade com a finalidade de combater e de prevenir crimes contra o patrimônio, entre eles, roubo, furto e receptação, sobretudo de aparelhos celulares. Na ocasião, policiais civis da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e da 7ª Delegacia Distrital estiveram presentes na área central do município, orientando os comerciantes e fiscalizando estabelecimentos.

Fonte: PCMG

WhatsApp Receba nossas notícias direto no seu WhatsApp! Envie uma mensagem para o número (32) 99125-5754 ou pelo link https://wa.me/5532991255754
Seguir o Guia Muriaé no Google News
📲 Acompanhe o GUIA MURIAÉ - Facebook / Instagram / Telegram / Threads / TikTok / Twitter / YouTube / WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Guia Muriaé no WhatsApp
Botão Voltar ao topo