Polícia Civil recupera carga de café avaliada em R$ 130 mil roubada na MGC-265

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) recuperou, em menos de 48 horas, cerca de 15 toneladas de café em grãos, avaliadas em aproximadamente R$ 130 mil. O produto estava em uma propriedade situada na cidade de Ubá, na Zona da Mata mineira. A carga havia sido roubada na madrugada da última quarta-feira (4), na altura do município de Piraúba, distante cerca de 30 quilômetros do local onde foi localizada.

O carregamento saiu do município de São Miguel do Anta, também na Zona da Mata, com destino à cidade de Varginha, Sul de Minas, na tarde de terça-feira (3). Na madrugada, quando passava próximo ao km 102 da rodovia MGC-265, um carro pareou ao lado do caminhão e efetuou um tiro com a arma em direção ao veículo transportador, orientando o motorista a parar.

Segundo a vítima, quatro suspeitos participaram da ação. Nesse momento, dois entraram na cabine, sendo que um deles assumiu a direção e o outro ficou com uma arma de fogo apontada para a vítima. Eles seguiram até o trevo de Piraúba e lá ordenaram que o motorista tirasse o rastreador do caminhão. Depois, encaminharam a vítima para o veículo que os acompanhava.

A dupla seguiu com o caminhão e o motorista foi levado pelos outros suspeitos até uma estrada vicinal. Após algum tempo, ele e um dos criminosos, que estava armado, desembarcaram e foram para o meio da vegetação, onde ficaram até por volta das 4h, quando um veículo veio até às margens da rodovia e buscou o suspeito. Antes de ir embora, ele arrancou o chip do telefone da vítima e devolveu o aparelho, orientando que ela ficasse no local por mais 20 minutos. Passado o intervalo, o motorista caminhou até a cidade de Piraúba e procurou ajuda.

Após o conhecimento do fato, uma equipe da Delegacia Especializada em Investigação e Repressão ao Furto, Roubo e Desvio de Carga, do Departamento Estadual de Investigação de Crimes Contra o Patrimônio (Depatri), se dirigiu ao local. Com os levantamentos, recuperaram, na tarde da última quinta-feira (5), toda a carga roubada no município de Ubá. Dois suspeitos de receptação já foram identificados e a polícia trabalha na localização deles.

Segundo o delegado César Matoso, Chefe da Divisão Operacional do Depatri, “em breve será representada ao Poder Judiciário pela decretação da prisão preventiva desses receptadores, pois eles são os responsáveis por fomentar uma atividade criminosa tão violenta que acomete tantas rodovias no estado”.

A PCMG aguarda a vinda de representante da empresa vítima para a devida restituição do produto. As investigações continuam a fim de identificar e prender todos os envolvidos no crime.

Fonte: PCMG


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo