Polícia deflagra ação e prende suspeito de tráfico de drogas em Ubá



Na última sexta-feira (23), a Polícia Civil de Minas Gerais prendeu em flagrante um ex-taxista, de 42 anos, suspeito de cometer tráfico de drogas no bairro Jardim Elida, em Ubá. O homem seria um dos responsáveis pela guarda do material ilícito. Durante a ação, foram apreendidos uma barra e meia de cocaína, trinta e nove comprimidos de ecstasy, uma pistola Taurus calibre .40, um carregador de pistola Taurus calibre 9mm, cinco munições calibre .40, uma balança de precisão, materiais para embalo de drogas e um veículo Fiat Idea.

Conforme informações do titular da Delegacia Antidrogas e Homicídios em Ubá, delegado Alexandrino Rosa de Souza, na quinta-feira (22), após a morte de um suspeito de tráfico de drogas, de 30 anos, várias informações aportaram acerca da localização de materiais ilícitos que seriam de sua propriedade. “Membros da organização criminosa estariam tentando mudar a localização do material após a morte de seu líder, com medo de represálias de grupos rivais”, contou, explicando que após a realização dos trabalhos de investigação e de inteligência, foi possível obter a localização de um dos pontos de armazenamento das armas e munições.




Ainda, segundo o delegado, a pistola apreendida era de propriedade de um subtenente da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, falecido em 2014. Já o veículo Fiat Idea possuía um fundo falso utilizado para a ocultação do transporte de drogas, além de apresentar indícios de adulteração. O material foi apreendido para análise pericial.

O suspeito foi ouvido na 2ª Delegacia Regional de Polícia Civil em Ubá e encaminhado ao Sistema Prisional.

Fonte: PCMG

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.