Prefeito de Leopoldina inicia campanha por cervejaria da Heineken na cidade

O prefeito de Leopoldina, Pedro Augusto Junqueira Ferraz entrou na concorrência para que a cidade receba a fábrica da cervejaria Heineken. Na última segunda-feira (13), a multinacional, segunda maior cervejaria do país atrás da Ambev, desistiu de instalar sua fábrica em Pedro Leopoldo por questões ecológicas.

Após embargos e disputas judiciais, a empresa optou por outra localidade em Minas Gerais para a implantação do empreendimento cervejeiro. Novos estudos serão feitos e a expectativa é anunciar o município escolhido no início de 2022.

O projeto, com investimentos declarados de R$ 1,8 bilhão, havia sido barrado em setembro pelo ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade).

Em comunicado enviado à imprensa, o grupo que comanda a cervejaria anunciou que a decisão foi tomada após meses de diálogos e considerou “os diferentes entendimentos de órgãos envolvidos e da sociedade em geral, relacionados à proximidade do atual terreno com uma importante área de preservação ambiental e arqueológica da região”.

De acordo com a assessoria de imprensa da prefeitura de Leopoldina, Pedro Augusto lançou em suas redes sociais a campanha popular #HeinekenVemPraLeopoldina, convocando os leopoldinenses a atraírem a atenção da empresa e demonstrarem que Leopoldina está de portas abertas para receber a cervejaria.

O prefeito Pedro Augusto afirmou que, se a população apoiar esta campanha, fará todo o possível para viabilizar a instalação da cervejaria Heineken em Leopoldina, gerando um número considerável de novas vagas de trabalho no município.

Fonte: O Vigilante Online, com informações da Prefeitura de Leopoldina

Receba nossas notícias direto no seu WhatsApp! Envie uma mensagem para o número (32) 99125-5754 ou pelo link https://wa.me/5532991255754

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo