Prefeitura e PM realizam operação conjunta na região central de Viçosa



Diversos órgãos da Prefeitura de Viçosa e a 10ª Companhia de Polícia Militar Independente (PM) realizam uma operação conjunta na noite de quinta-feira (17) na região central da cidade, em especial na Avenida Santa Rita, onde aos finais de semana ocorrem grandes aglomerações de jovens. A ação visou coibir o tráfico de drogas, a venda e o consumo de bebidas alcoólicas por menores, a fiscalização das normas do Código de Posturas e a fiscalização da Lei Seca.

A operação teve a participação da secretaria de Fazenda; da secretaria de Assistência Social; do Conselho Tutelar; do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) e da Câmara Municipal.




A Polícia Militar realizou blitz na rua Padre Serafim, com auxílio da Polícia Rodoviária, e abordou cerca de 60 veículos. A operação resultou na emissão de oito autos de infrações diversas. Os condutores foram submetidos ao teste do bafômetro e três não passaram. Um deles foi preso em flagrante devido ao alto grau de embriaguez. A PM ainda recolheu uma CNH e apreendeu uma motocicleta irregular.

A secretaria de Fazenda, responsável pela fiscalização de posturas, vistoriou seis estabelecimentos comerciais. Dois deles não apresentaram alvará e foram sumariamente fechados. Outros três estabelecimentos foram notificados por estarem com o alvará vencido e também por descumprimento à Lei de Mesas e Cadeiras. Os fiscais ainda atenderam uma ocorrência de pertubação de sossego na Rua Gomes Barbosa, onde uma festa irregular em república foi encerrada com apoio da PM.

Articulação

Na terça-feira (15), o prefeito Ângelo Chequer recebeu no gabinete o presidente da Câmara de Viçosa, vereador Carlitos Alves dos Santos (Meio Kilo), e o Comandante da 10ª Companhia de Polícia Militar Independente de Viçosa, Major Marcelo Monteiro Pimentel, para discutir a questão e consolidar a parceria, que resultou na operação realizada na quinta-feira.

Nesta reunião foi discutida a necessidade de criação da figura do comissário de Proteção da Infância e da Juventude, informalmente chamado de comissário de menores, que ainda não existe em Viçosa.

Diferente do conselheiro tutelar, o comissário é um cargo voluntário, ligado ao Tribunal de Justiça, e tem a função de fiscalizar o cumprimento das normas do Estatuto da Criança e do Adolescente em estabelecimentos comerciais, onde são observadas a entrada e permanência de crianças e adolescentes desacompanhados dos pais ou responsáveis legais, assim como a venda de bebidas alcoólicas para menores de 18 anos.

O prefeito Ângelo Chequer se dispôs a buscar diálogo junto ao TJMG para solicitar a lotação de comissionários na comarca de Viçosa. Ele ressaltou a importância da participação e integração dos poderes na defesa dos direitos das crianças e adolescentes: “Se cada órgão assumir sua responsabilidade e trabalharmos de forma integrada, acho conseguiremos oferecer perspectivas e oportunidades melhores para nossos jovens”, ressaltou.

Fonte: PMV

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.