Preso ex-funcionário de banco suspeito de desviar dinheiro em fraude

Durante investigações em procedimento de investigação criminal a partir de denúncias de desvio de vultosos valores por um ex-funcionário da agência Sicoob/Credicaf de Lajinha, diante da presença de fundadas suspeitas da autoria e da prática criminosa, a promotoria de Lajinha através do representante Dr. José Azeredo requereu ao juízo local diversas medidas cautelares visando busca de provas e a recuperação de eventuais ativos financeiros desviados, estando dentre elas a prisão preventiva pelo prazo de 10 dias e mandados de busca e apreensão.

As medidas cautelares acima descritas foram cumpridas pela 36ª DPC de Lajinha com o apoio da 35ª DPC de Mutum e coordenadas pelo delegado local Dr Henrique Mateus Rabello. O suspeito foi encaminhado para a delegacia para fins de interrogatório e posteriormente ao presídio de Manhumirim, onde se encontra à disposição da justiça.

Na ocasião foram apreendidos equipamentos eletrônicos que supostamente eram utilizados na lavagem do dinheiro subtraído através de investimentos financeiros em plataformas digitais de câmbio. Os materiais serão submetidos à perícia na tentativa de verificar a presença de provas nesse sentido.

O suspeito foi acusado pela Instituição de ter desviado grande quantia em dinheiro de forma continuada no período em trabalhou como tesoureiro da instituição bancária utilizando-se de fraude.

Apesar da negativa de autoria, as investigações terão continuidade para apurar cabalmente os fatos na busca da verdade real com o consequente encaminhamento do procedimento à justiça local para subsidiar futura ação penal.

Fonte: Portal Caparaó

Receba nossas notícias direto no seu WhatsApp! Envie uma mensagem para o número (32) 99125-5754 ou pelo link https://wa.me/5532991255754

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo