Réu denunciado pelo MPMG é condenado a 32 anos de prisão por matar pai e filho em Além Paraíba

Denúncia oferecida pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio da 2ª Promotoria de Justiça da comarca de Além Paraíba, resultou na condenação de ESF a 32 anos e 4 meses de prisão, por duplo homicídio que vitimou MTRS e o pai dele por motivo torpe e mediante recurso que impediu qualquer reação das vítimas. Além disso, o pai era um idoso de 71 anos. Outro denunciado, LFCG, está foragido.

De acordo com a denúncia, no momento do crime, o pai chegava ao bar de onde o filho, MTRS, estava saindo, no bairro Goiabal, no início da noite de um sábado, quando foram alvejados por tiros disparados por ESF, que estava sem capacete, na garupa de uma moto, conduzida por LFCG. O pai de MTRS foi atingido por quatro tiros, ao entrar na frente para tentar proteger o filho, que era o alvo dos criminosos e levou dois tiros.

Segundo o MPMG, o crime resultou de desavenças entre os denunciados e o filho, MTRS, por pertencerem a gangs rivais, envolvidas com homicídios e tráfico de drogas.

ESF foi preso em fragrante, respondeu ao processo na prisão e não poderá recorrer da sentença em liberdade.

A promotora de Justiça Adriana Carvalho Pereira e Silva Costa ofereceu a denúncia à 2ª Vara Judicial de Além Paraíba, no dia 23 de novembro de 2020, e o Conselho de Sentença do Tribunal do Júri decidiu pela condenação de ESF. O juiz Diego Teixeira Martinez proferiu a sentença no dia 22 de novembro deste ano.

Autos nº 0015.20.000997-3

Fonte: MPMG

Receba nossas notícias direto no seu WhatsApp! Envie uma mensagem para o número (32) 99125-5754 ou pelo link https://wa.me/5532991255754

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo