Sesc Mineiro de Grussaí fecha e demissões podem chegar a 700

A unidade do Sesc Minas em Grussaí, distrito de São João da Barra no Norte Fluminense, vai encerrar suas atividades assim como a de Muriaé e outras que já pararam de funcionar em Minas Gerais.

O Sesc Grussaí ocupa uma área de 1.800.000 m² e tinha cerca de 700 colaboradores, entre próprios e terceirizados. Grande parte dos funcionários já foi dispensada, embora ainda não há um número oficial.

A decisão impacta principalmente a economia da cidade de São João da Barra, haja vista que aproximadamente 80% da população trabalhava na unidade.

Trem puxado por Maria Fumaça, Casa de Chá Japonesa, Taj Mahal, Esfinge e Pirâmides Egípcias são alguns dos destaques do Sesc Grussaí, que proporcionava uma verdadeira volta ao mundo.

Confira o comunicado do Sesc Minas sobre o fechamento:

O Sesc em Minas informa que, desde 2019, vem passando por uma série de adequações estruturais, cujo objetivo é tornar a instituição mais sustentável e com produtos e serviços cada vez mais alinhados ao perfil dos clientes.

Tais mudanças foram feitas a partir de uma série de pesquisas e análises técnicas, que sinalizaram a necessidade de adequação do portifólio oferecido pelo Sesc em Minas. Após a conclusão dos estudos, entre os diversos pontos avaliados, definiu-se pela não viabilidade de manter com recursos do Sesc em Minas a unidade de Grussaí em funcionamento.

A decisão foi tomada unanimidade pelo Conselho Regional do Sesc em Minas, considerando, entre outros aspectos, os elevados custos de manutenção de uma unidade de 1.800.000 m², com vocação exclusivamente turística e a localização fora do território mineiro.

Diante do cenário atual do país e dos recentes acontecimentos mundiais, que estão provocando uma forte queda na atividade econômica, o Sesc voltará seus esforços, em especial, para os Programas Educação e Saúde, entre outras atividades fundamentais para a população

Fonte: Guia Muriaé


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Experimentoe o Novo Livre