Home / Notícias / Região / Skatistas de Cataguases e região transformam trecho abandonado da MG-342 em pista de downhill

Skatistas de Cataguases e região transformam trecho abandonado da MG-342 em pista de downhill


Skatistas de Cataguases e região transformam trecho abandonado da MG-342 em pista de downhill

O trecho da MG-342 que ligaria as cidades de Cataguases e Leopoldina, em Minhas Gerais, está abandonado há quase 10 anos, incompleto. No asfalto do trecho edificado não passam carros, motos ou caminhões. Para completar, está repleto de descidas. Esses elementos fazem do local o paraíso de skatistas adeptos do downhill – modalidade em que os atletas descem ladeiras em alta velocidade.




Com seus skates – longboards, e carveboards – e até o saudoso carrinho rolemã, jovens de Cataguases, a 320 km de Belo Horizonte, e de outras regiões do estado se reúnem, especialmente aos finais de semana, para “dropar” as curvas da pista. Para combinar os “rolês” na via abandonada e compartilhar fotos e vídeos, o grupo, que se intitulou EMPA Riders – referência à empresa de engenharia responsável pela construção da via – criou até um grupo no Facebook, que conta com mais de 240 membros.

A iniciativa vem dando certo. Tanto que skatistas de outras regiões também aparecem aos finais de semana para praticar o esporte na MG-342. Como Eduardo Paratella, o Dudu, que vive em Juiz de Fora, mas que aos finais de semana aparece em Cataguases para andar de skate com os amigos. “É um ‘pico’ alucinante, 2 km de descida, ambiente perfeito para a prática do freeride e speed dowlhill. Não pensei duas vezes e convidei o pessoal de Juiz de Fora para conhecer. A reação deles foi exatamente a que eu imaginava: todos acharam o lugar maravilhoso e passaram a visitar a pista frequentemente”, conta.

Enquanto a via permanece pronta para o skate e interditada para os carros, o advogado longboarder Leonardo Mendonça agradece o visual da pista e a proximidade que o esporte proporciona para ele e para seu filho, de 13 anos. “É um lugar mágico e que vem me trazendo grandes momentos. Vejo meu filho participar comigo, vivendo intensamente tudo aquilo. Isso tem sido satisfatório. Sei que ele também se amarra e isso me dá um grande prazer como pai e como parceiro dele”.

Fonte: Tarcísio Vória
Foto: Eduardo Yep

Confira também

Prefeitura de Rodeiro abre processo seletivo

A Prefeitura de Rodeiro divulgou o edital nº 14/2018 de processo seletivo simplificado destinado a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *