Suspeito de envolvimento em morte de PM é preso em Tocantins



A Polícia Militar prendeu três pessoas, nessa terça-feira (20), durante a operação “Região Segura” na cidade de Tocantins. A prisão aconteceu em cumprimento a mandados de busca e apreensão na residência de suspeitos de envolvimento em crimes na cidade e região.

Após levantamentos, militares apuraram que um jovem, 26 anos, estaria realizando tráfico de drogas na cidade, juntamente com os autores outros dois rapazes, ambos de 27 anos.

Os policias compareceram nas residências dos autores e, na casa de um deles, que foi preso em flagrante, foi localizada e apreendida uma pistola calibre 40 com mira a laser, dois carregadores para pistola calibre 40, 43 munições calibre 40, duas buchas de maconha, uma balança de precisão, um rádio HT na frequência da PM e um celular.




Já na residência de outro suspeito, também preso em flagrante, foram localizados e apreendidos dois rádios HTs sintonizados na frequência da PM, 23 munições calibre 38, 18 munições calibre 32 e uma balança precisão.

O primeiro preso alegou na presença de testemunhas que foi obrigado a guardar as armas e demais materiais ilícitos em sua residência.

Já o segundo assumiu a posse dos materiais ilícitos localizados em sua residência, apesar dos levantamentos apontarem que ele também estaria guardando os materiais sob mando e ameaças do jovem mais novo, que também foi localizado e preso em flagrante por ameaça e, segundo a PM, por ser o verdadeiro dono da arma localizada.

Os autores foram encaminhados a Delegacia de Polícia, juntamente com os materiais apreendidos.

De acordo com a PM, um dos presos é suspeito do envolvimento na morte de um policial militar em Tocantins, ocorrida em 2014. Segundo informações, ele teria emprestado as armas e a motocicleta utilizada no crime que vitimou fatalmente o policial militar.

Fonte: Guia Muriaé

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.