Suspeito de matar policial em assalto é morto após troca de tiros com a PM

Nessa quarta-feira (27), um suspeito de participação em um assalto que terminou com a morte de um policial militar acabou morto após uma troca de tiros com a PM, entre as cidades de Guapé e São José da Barra, no Sul de Minas.

Na sexta-feira (22), dois indivíduos assaltaram um correspondente bancário no município de Ilicínea (MG), também no Sul de Minas. Quando estavam saindo do estabelecimento, depararam com o cabo Fabrício Renato Vaneli, de 38 anos, que havia saído de serviço e tinha ido ao local para fazer o pagamento de uma conta. Um dos criminosos começou a efetuar vários disparos contra o militar, que saiu correndo e foi perseguido pelo autor, que continuou atirando.

Os infratores fugiram do local em uma motocicleta, mas deixaram para trás um revólver calibre 38 que foi apreendido. Já o policial chegou a ser socorrido e encaminhado de helicóptero para o Hospital Alzira Velano, em Alfenas, porém não resistiu aos ferimentos.

Ontem, Bruno Faria, de 19 anos, suspeito de efetuar os disparos que vitimaram o policial foi encontrado por equipes da PM. Ele teria roubado um barco no Lago de Furnas, foi cerca por militares e reagiu a tiros. Diante da injusta agressão, os policiais revidaram e acabaram alvejando o meliante, que veio a óbito.

Durante as operações, a polícia prendeu nove pessoas suspeitas de integrarem uma quadrilha de drogas, entre elas o homem que seria o condutor da moto usada no crime que terminou com a morte do PM.

Luto na corporação

Cabo Fabricio Renato Vaneli – Foto: PMMG

Fabrício Renato Vaneli estava na Polícia Militar de Minas Gerais há 19 anos. Ele estava lotado no 24º Batalhão de Polícia Militar, com sede em Varginha, e estava fazendo o Curso Especial de Formação de Sargento, na cidade de Lavras.

Na sexta-feira, após o término das atividades curriculares, ainda fardado deslocou-se para a cidade de Ilicínea, onde residia com sua família.

O enterro de Fabrício aconteceu no último sábado (23), no Cemitério Municipal de Ilicínea. Houve homenagens, honras militares e uma grande comoção, envolvendo os familiares, a comunidade e os policiais, colegas de farda do cabo.

– O reconhecemos com honras dignas de um glorioso combatente e oramos a Deus para que esteja em seus braços e tenha o descanso merecido de um herói – declarou em nota o 24º BPM.

Vídeo registrou momento que PM foi alvejado

Fonte: Guia Muriaé


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo