Suspeitos de roubos em Tombos são presos em Pedra Dourada



Na manhã dessa sexta-feira (27), a Polícia Civil de Minas Gerais, por meio da 38ª Delegacia de Polícia da Comarca de Tombos, com o apoio da Polícia Militar de Minas Gerais, por meio do 4º Pelotão PM de Tombos e Destacamento PM de Pedra Dourada, deflagraram, na cidade de Pedra Dourada, a operação “Piratas do Catuné”.

Foram cumpridos dois mandados de prisão temporária e mandados de busca e apreensão, expedidos pelo Poder Judiciário da Comarca de Tombos, com o parecer favorável do Ministério Público, em desfavor de dois indivíduos, um de 21 anos e outro de 24, suspeitos de terem praticados dois assaltos à mão armada em um estabelecimento comercial, em Catuné, bairro de Tombos. Os crimes ocorreram nos meses de janeiro e abril de 2018, sendo os suspeitos apontados como autores.

Segundo as investigações preliminares, os investigados utilizaram de uma motocicleta Honda CG 125, cor vermelha, com a placa tampada por uma sacola verde e, estando armados, abordaram a vítima, exigindo-lhe que repassasse todo o dinheiro, evadindo posteriormente.




Durante as buscas foram localizadas as roupas utilizadas pelos investigados, bem como os capacetes, a motocicleta utilizada no crime, as botas utilizadas por um dos suspeitos, a sacola plástica da cor verde (que inclusive estava suja de barro, ao lado da motocicleta), bem como foram arrecadados, na posse do suspeito mais novo, 16 papelotes de cocaína, embaladas e destinadas à venda, que se encontravam na carteira do referido suspeito, além de aparelhos celulares e documentos de veículos.

De acordo com o delegado que comandou a operação, Diêgo Candian Alves, o sucesso da empreitada policial se deve às trocas de informações entre policiais civis e policiais militares, além de inúmeras denúncias que se aportaram à Delegacia de Polícia de Tombos e ao Pelotão PM daquela cidade.

A operação contou com 10 policiais, quatro viaturas e um cão farejador.

Fonte: PCMG

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.