Taxista é preso por falsa comunicação de crime

Foto: Guia Muriaé
Um taxista de 33 anos da cidade de Coimbra recebeu voz de prisão por falsa comunicação de crime.

De acordo com a polícia, na última terça-feira (22) o taxista procurou a Polícia Militar para registrar uma ocorrência. O homem informou aos militares que na noite anterior, estava indo abastecer seu veículo e quando passava em baixo do túnel no trevo da cidade foi abordado por dois homens desconhecidos.

Um deles chamou o taxista pelo nome e pediu uma corrida até a cidade de Ervália. Durante o percurso eles anunciaram o assalto, e obrigaram o motorista a dirigir até a cidade de Muriaé.

De acordo com o taxista, os autores pediram transferência via PIX, entretanto o motorista informou que não tinha dinheiro. Um dos autores perguntou se o veículo tinha seguro, ao ser informado que sim, ordenou que colocasse fogo no automóvel VW/Voyagem e assim foi feito.

Posteriormente os supostos autores o procurariam, para receber parte do seguro do veículo.

Ainda de acordo com informações da polícia, o taxista apresentou outra versão aos militares de da cidade de Muriaé, contradizendo sua versão dos fatos, diante disso foi dado voz de prisão em flagrante pelo crime de falsa comunicação de crime. Ele foi ouvido e liberado.

A Polícia Civil vai investigar a versão apresentada pelo taxista, caso seja comprovado sua culpa ele responderá por falsa comunicação de crime.

Fonte: Viçosa Urgente

Receba nossas notícias direto no seu WhatsApp! Envie uma mensagem para o número (32) 99125-5754 ou pelo link https://wa.me/5532991255754

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo