Tiroteio em festa junina de povoado termina com três mortos

Uma festa junina terminou em tragédia no povoado de Ribeirão do Santana, zona rural de Caraí, no Vale do Jequitinhonha, na noite de sábado (30). Três pessoas morreram e outras duas foram baleadas.

A festa acontecia na Escola Municipal 15 de Novembro e tinha como objetivo arrecdar fundos para a formatura dos alunos do ensino fundamental.

Por volta das 22h, cinco homens tinham saído festa e conversavam em um bar, quando foram surpreendidos por indivíduos que já chegaram atirando.

Os cincos foram baleados, sendo que três morreram na hora. Entre os mortos, estão os irmãos Fabiano Nunes Pereira, de 25 anos, e Rejano Nunes Pereira, de 27. O outro morto foi identificado como Tarcísio Fernandes Dias, de 22. Eles foram alvejados com vários disparos (9, 11 e 13 tiros). A perícia recolheu cerca de 50 projéteis no local do crime.

Durante rastreamento, a Polícia Militar prendeu um jovem, de 26 anos. Ele confessou a participação no triplo homicídio e afirmou que o crime foi para vingar a morte de um primo, que teria sido assassinado por uma das vítimas há quatro anos.

Ainda disse que os irmãos faziam parte de uma facção criminosa rival, que os grupos lutavam pelo controle do tráfico de drogas na cidade de Caraí.

Fonte: Guia Muriaé, com informações de O Tempo


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Experimentoe o Novo Livre