Três são presos em esquema de extração ilegal de areia que causava danos ambientais em Leopoldina

Os investigados responderão pelos crimes de usurpação de bem público da União e de danos ambientais, cujas penas podem chegar a até seis anos de detenção

Guia Muriaé no WhatsApp

A Polícia Federal deflagrou, nesta terça-feira, 28/5, a Operação Areial, com o objetivo de combater a extração ilegal de areia no município de Leopoldina

. Foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão expedidos pelo Juízo da Vara Federal de Muriaé.

Além dos policiais federais, a operação mobilizou, em ação conjunta, policiais da Polícia Militar Ambiental, bem como fiscais do IBAMA e da Agência Nacional de Mineração (ANM), a fim de dar cumprimento às devidas autuações e à destruição do maquinário utilizado na extração mineral ilegal.

As apurações demonstraram que embora os investigados possuíssem empresa formalmente constituída, eles promoviam, no leito do Rio Pomba, extração mineral com a utilização de balsas e dragas, sem autorização da ANM e sem licença ambiental.

Após a extração, a areia era vendida sem o recolhimento dos tributos devidos e sem a recuperação ambiental da área degradada. Além dos prejuízos fiscais e ambientais, a atividade também prejudica os empresários que vendem a areia legalizada, em clara concorrência desleal.

Alguns danos ambientais constatados pela perícia criminal federal foram: erosão; alterações e assoreamento do curso d’água; danos à fauna e à flora e depreciação da qualidade da água.

Fonte: PF

WhatsApp Receba nossas notícias direto no seu WhatsApp! Envie uma mensagem para o número (32) 99125-5754 ou pelo link https://wa.me/5532991255754
Seguir o Guia Muriaé no Google News
📲 Acompanhe o GUIA MURIAÉ - Facebook / Instagram / Telegram / Threads / TikTok / Twitter / YouTube / WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Guia Muriaé no WhatsApp
Botão Voltar ao topo