Campanha de vacinação contra gripe prossegue em Muriaé até 30 de maio



A campanha de vacinação contra gripe prossegue até a próxima quarta-feira, dia 30 de maio, nas Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) de Muriaé. O objetivo da ação promovida pela Prefeitura é imunizar os muriaeenses contra a doença durante o período de maior circulação do vírus e diminuir os casos de gripe na cidade.

A campanha nacional segue até 1º de junho, porém, devido ao feriado no dia 31 deste mês (quinta-feira), as UBS’s da cidade ficarão abertas somente até dia 30. A meta é vacinar 90% do público-alvo – até o momento, 70% do público prioritário recebeu as doses. Devem se vacinar crianças de 6 meses a 5 anos incompletos, grávidas, puérperas (até 45 dias pós-parto), pessoas com 60 anos ou mais, com doenças crônicas e outras categorias de risco clínico, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, jovens que cumprem medidas socioeducativas, professores e trabalhadores da saúde.

As doses estão sendo aplicadas de forma gratuita em todas as unidades de saúde de Muriaé e distritos, além do Centro Municipal de Imunização, localizado ao lado do Terminal Rodoviário, de segunda a sexta-feira, entre 8h e 16h30min. Para receber a dose, é necessário apresentar cartão de vacina e receita médica (para pessoas com doenças crônicas). “A gripe pode ser muito perigosa caso seja contraída por pessoas com maior potencial de risco. Por isso, a imunização é importante para proteger os muriaeenses contra essa doença. Promover saúde é a nossa prioridade”, afirma o prefeito Grego.




Público-alvo

* Idosos;
* Crianças com mais de 6 meses e menores que 5 anos;
* Pessoas que apresentam doenças crônicas e outras categorias de risco clínico;
* Grávidas;
* Puérperas (até 45 dias pós-parto);
* População privada de liberdade;
* Funcionários do sistema prisional;
* Jovens que cumprem medidas socioeducativas;
* Professores;
* Trabalhadores da saúde.

Documentos necessários: cartão de vacina e receita médica para pessoas com doenças crônicas

* Para quem faz acompanhamento médico na própria UBS não é preciso receita.

Fonte: PMM

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.