Home / Notícias / Saúde e Bem-Estar / Câncer de mama é a 2ª principal causa de morte entre mulheres nas Américas

Câncer de mama é a 2ª principal causa de morte entre mulheres nas Américas

O câncer de mama pode ser detectado de forma precoce e tratado com eficácia. Programas de sensibilização sobre a saúde da mama podem aumentar a consciência das mulheres sobre os riscos da doença e sobre os sinais e sintomas que precisam de atenção médica imediata. Em países de alta renda, programas organizados que incluem mamografias levam ao diagnóstico precoce, bem como ao tratamento eficaz, e têm reduzido a taxa de mortalidade por essa doença.

Há muitos desafios, no entanto, para a implementação de tais programas em países e territórios com recursos limitados. Por isso, outubro é marcado em todo o mundo como o mês de sensibilização e compreensão dos riscos do câncer de mama, sinais e sintomas precoces e conscientização geral da população – parte de uma importante abordagem de saúde pública.




Principais informações sobre o câncer de mama

* Diversos países na América Latina e no Caribe apresentam algumas das mais altas taxas de risco de morte por câncer de mama, destacando as desigualdades na saúde existentes na região;

* Na América Latina e Caribe, uma maior proporção de mortes por câncer de mama ocorre entre mulheres com menos de 65 anos de idade (57%);




* O diagnóstico precoce, juntamente com os avanços no tratamento, tem mostrado melhores resultados e uma maior sobrevida para mulheres com câncer de mama. Mesmo assim, muitos países da América Latina e do Caribe continuam a ter acesso limitado a essas intervenções, capazes de salvar vidas;

* Programas abrangentes de prevenção e controle do câncer de mama são essenciais para reduzir a carga da doença. Esses devem incluir educação, rastreio e detecção precoce, diagnóstico, tratamento e cuidados paliativos;




* Embora as causas do câncer de mama continuem sendo em grande parte desconhecidas, o histórico familiar da doença, a utilização de hormônios, a obesidade e o uso de álcool foram identificados como fatores que podem aumentar o risco de desenvolvimento da doença.

Fonte: Blog da Saúde

Confira também

NAIS do 47º BPM promove ações preventivas para o Carnaval 2020

O 47º Batalhão de Polícia Militar realizou na Manhã desta sexta-feira (21/02), por meio dos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *