Home / Notícias / Saúde e Bem-Estar / Devido à falta de envio pelo Ministério da Saúde, Muriaé registra falta de vacinas

Devido à falta de envio pelo Ministério da Saúde, Muriaé registra falta de vacinas

Por conta da interrupção na distribuição da BCG, DTP e pentavalente por parte do Ministério da Saúde, Muriaé já registra a falta desses três tipos de vacinas. A BCG, inclusive, terá que ser racionada na cidade. Para isso, a Secretaria Municipal de Saúde organizou fluxo para aplicação da vacina.

O problema da falta de determinadas vacinas está ocorrendo em diversas cidades brasileiras. Em Muriaé, a DTP e pentavalente estão em falta há um mês. A DTP previne contra difteria, tétano e coqueluche. Já a pentavalente imuniza o organismo contra hepatite B, difteria, tétano, coqueluche e hemófilos (pneumonia, infecções, entre outras doenças).

Ainda não há uma previsão de quando o fornecimento da DTP e pentavalente voltará ao normal, segundo comunicado do Ministério da Saúde enviado à Gerência Regional de Saúde (GRS) de Ubá. Ainda de acordo com o órgão, as vacinas BCG, que imunizam contra formas severas de tuberculose, já foram compradas e entregues, mas ainda não foram distribuídas porque estão passando por testes para controle de segurança.




Esquema para aplicação da BCG

Enquanto o Ministério da Saúde não normalizar a distribuição da vacina, a Secretaria Municipal de Saúde remanejou os estoques e organizou um fluxo para a aplicação da BCG. Após aberto o frasco, que contém 12 doses, a vacina BCG dura em média seis horas. Com o agendamento, a SMS quer evitar o desperdício e imunizar o maior número de crianças possível.

“Todas as vacinas são repassadas aos municípios pelo Ministério da Saúde, e esse problema na distribuição está acontecendo em diversas cidades brasileiras. Para minimizar o impacto em Muriaé, pelo menos quanto à BCG, organizamos um esquema para a aplicação desta vacina, que é tão importante para imunização dos recém-nascidos em seus primeiros dias de vida”, afirma o secretário Municipal de Saúde, Paulo César de Oliveira. “Vamos informar os muriaeenses quando o envio destas vacinas for normalizado”, completa o secretário da pasta.




As doses estarão disponíveis na Sala de Vacinação do município localizada no Hospital São Paulo. O serviço pode ser agendado através da Central de Vacina pelo telefone 3696-3435, de segunda a sexta-feira, das 7h30min às 16h30min.

Fonte: PMM




Confira também

Prefeitura de Muriaé desmente fake news sobre fechamento do Centro Viva Vida

Ao contrário do que diz o boato que está circulando pelo WhatsApp, a Prefeitura de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *