Dia Mundial de Luta contra a Aids tem mobilização em Ubá e Muriaé

Guia Muriaé no WhatsApp

Primeiro de dezembro é o Dia Mundial de Luta contra a Aids, data instituída pela Organização Mundial de Saúde (OMS), para chamar atenção da importância da prevenção da doença. Aproveitando a importância da data, as unidades do Serviço de Atendimento Especializado (SAE) de Ubá e Muriaé promoveram ações para sensibilizar e trazer mais informação sobre a prevenção do HIV e a necessidade de combater a doença. 


As atividades desenvolvidas em Ubá, através da Gerência Regional de Saúde, tiveram como foco mobilizar e informar a população acerca das infecções sexualmente transmissíveis (ISTs). Foram instalados stands em locais de grande circulação da cidade em que a população podia ter acesso a materiais educativos, camisinhas e testes rápidos. 

Em Ubá, um stand montado em frente a políclínica Regional chamava os passantes para conversa sobre infecções sexualmente transmissíveis / Crédito: Divulgação

“Colocamos uma tenda em frente à Policlínica Regional, local onde também é a sede do SAE de Ubá, e conseguimos abordar pessoas que transitavam pela Beira Rio, uma das vias mais movimentadas da cidade. Divulgar as formas de transmissão, prevenção e tratamento das infecções sexualmente transmissíveis é um desafio para toda sociedade, pois todos estão sujeitos a sofrerem com estas realidades”, detalhou a enfermeira Aline Matos Agostini Silva, responsável pelo SAE- Ubá.

Ação em Muriaé contou com o carisma de um mascote pet para divulgar a causa da luta contra a Aids / Crédito: Divulgação

Já em Muriaé um stand foi montado na Praça João Pinheiro, com informações e materiais para distribuição, com uma atração diferente: uma cadelinha como mascote. 

“É importante ter estratégias diferenciadas para alcançarmos a população com um tema muito difundido, porém, ainda carente de informações. Como unidade regional de saúde, apoiamos os municípios distribuindo os insumos de prevenção e os testes rápidos, além de auxiliar na elaboração dos planos municipais de enfrentamento a IST’s, como foi o caso da sífilis”, disse Priscila Teixeira, referência técnica regional do Programa IST/Aids e Hepatites Virais.

Acesso à prevenção

Apesar dos avanços em relação ao tratamento e qualidade de vida das pessoas vivendo com HIV e Aids, a prevenção continua sendo uma estratégia fundamental. As mobilizações são um momento importante para conversar com a população sobre a prevenção combinada, que associa diferentes métodos conforme as características e o momento de vida de cada pessoa.

O uso de preservativos é o método mais eficaz para evitar a transmissão de ISTs e eles podem ser adquiridos gratuitamente na unidade de saúde mais próxima. O diagnóstico de infecção por HIV pode ser feito nos PSFs, por meio de testes rápidos que são oferecidos, gratuitamente, pelo Sistema Único de Saúde (SUS), ou por exame de sangue convencional. Além disso, os SAEs ofertam os atendimentos de Profilaxia Pós Exposição ao HIV (PEP) e Profilaxia Pré Exposição ao HIV (PrEP).

Fonte: SES-MG

WhatsApp Receba nossas notícias direto no seu WhatsApp! Envie uma mensagem para o número (32) 99125-5754 ou pelo link https://wa.me/5532991255754
Seguir o Guia Muriaé no Google News
📲 Acompanhe o GUIA MURIAÉ - Facebook / Instagram / Telegram / Threads / TikTok / Twitter / YouTube / WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Guia Muriaé no WhatsApp
Botão Voltar ao topo