Doações de sangue podem ser feitas às quartas-feiras no CEAE em Muriaé

Foto: Guia Muriaé
Os interessados em doar sangue em Muriaé podem se dirigir ao Centro Estadual de Atenção Especializada – CEAE (antigo “Viva Vida/Hiperdia”) às quartas-feiras, de 7h30 às 15h.

A coleta está acontecendo em novo local devido à reforma que Prefeitura está fazendo na Policlínica Doutor Biagio Montesano, no bairro Safira, onde a doação era realizada anteriormente. As campanhas são fundamentais para manter o estoque do banco de sangue em um nível suficiente para atender a demanda das unidades de saúde de Muriaé e região.

A professora Renata Mendes tornou-se doadora após a filha de uma colega de trabalho precisar de transfusão sanguínea. Para ela, a doação de sangue é um ato importante de solidariedade que pode salvar vidas.

– É uma sensação muito boa saber que estamos ajudando alguém, podendo fazer parte da vida de uma pessoa positivamente. Este é um ato muito importante para a vida do ser humano – disse.

Para doar, a pessoa deve estar em boa condição de saúde, ter entre 16 e 69 anos, pesar no mínimo 50kg, não estar em jejum, não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas, não ter contraído hepatite após os 11 anos e não ter comportamento de risco para doenças transmissíveis. O secretário Municipal de Saúde, Paulo César de Oliveira, destaca que a doação é fundamental para garantir a disponibilidade de componentes sanguíneos para os pacientes que necessitam de transfusão.

– O sangue não tem substituto e, por isso, a doação é fundamental. Fazemos um apelo à população para comparecer ao CEAE e colaborar. Ao doar sangue, a pessoa estará doando vida – explicou.

O que é preciso para doar sangue

– Estar em boa condição de saúde;
– Apresentar documento oficial de identidade com foto;
– Ter entre 16 e 69 anos, sendo que os candidatos a doadores com menos de 18 anos deverão levar autorização e cópia da Carteira de Identidade do responsável;
– Pesar no mínimo 50kg (com desconto de vestimentas);
– O limite de idade para a primeira doação é de 60 anos;
– Não estar em jejum e evitar alimentação gordurosa;
– Ter dormido pelos menos seis horas antes da doação;
– Não ter ingerido bebida alcoólica nas 12 horas que antecedem a doação;
– Não fumar pelo menos duas horas antes da doação.

Impedimentos temporários

– Gripe;
– Gestantes ou mães que amamentam bebês com menos de 12 meses;
– Até 90 dias pós-aborto ou parto normal e até 180 dias após cesárea;
– Ter feito tatuagem ou acupuntura nos últimos 12 meses;
– Exposição à situação de risco para AIDS (múltiplos parceiros sexuais e parceiros usuários de drogas);
– Herpes labial;
– Ter feito endoscopia a menos de seis meses.

Impedimentos definitivos

– Doença de Chagas;
– Hepatite após os 11 anos de idade;
– Portador de HIV, hepatite C, hepatite B e usuários de drogas injetáveis.

Intervalos que devem ser respeitados entre as doações

– Mulheres: período de 90 dias, tendo tido, no máximo, três doações nos últimos 12 meses;
– Homens: período de 60 dias, tendo tido, no máximo, quatro doações nos últimos 12 meses.

Fonte: PMM


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Experimentoe o Novo Livre