Índice da dengue em Muriaé está em 1%

Levantamento realizado pela Prefeitura de Muriaé, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), mostra que o índice de infestação da dengue está em 1%, próximo ao ideal estipulado pelo Ministério da Saúde, que é de 0,9%. Com este percentual, Muriaé apresenta “risco médio” e está em alerta para epidemia da doença.

Todos os bairros foram visitados na semana passada pelos agentes comunitários de saúde. Entre os locais que- apresentaram maior número de focos do mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya estão: Rosário, São Cristóvão, Santa Terezinha, Porto, Chácara Leblon, Marambaia, Inconfidência I e II, Chalé, Porto Belo, Vila Conceição, AABB, São Pedro, Vale Verde, Recanto Verde, Gávea, Coronel Izalino, Primavera, Quinta das Flores, Vale do Castelo, São Francisco, Santo Antônio, Pontilhão, Centro, João VI, Boa Vista, Jardim das Palmeiras e Alto do Castelo.

A orientação da SMS é fazer vistoria nos quintais e áreas abertas após cada chuva, a fim de prevenir focos do mosquito; verificar se a caixa d’água está fechada após chuvas e ventos fortes, além de inspecionar semanalmente ralos, vasos de plantas, pneus, entre outros recipientes que podem servir para o acúmulo de água e, consequentemente, para a proliferação do Aedes.

A pasta aconselha ainda a usar repelente todos os dias, principalmente na parte da manhã e ao final da tarde.

Fonte: PMM


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo