Muriaé registra 44 novos casos de covid-19

Nas últimas 24 horas, Muriaé registrou a confirmação de 44 novos casos de covid-19. O número de pacientes ativos entre moradores de Muriaé caiu ligeiramente e fechou em 313, um a menos que ontem.

No segundo dia de vacinação, o índice de pessoas imunizadas contra a covid-19 já totaliza 569. As doses já foram aplicadas em profissionais da UPA, do Hospital São Paulo e dos asilos Lédia Tanus Braz e Lar Ozanam. O serviço também já foi iniciado junto ao Corpo de Bombeiros.

Internações – Nesta quarta-feira, os hospitais da cidade estão com 58 pessoas internadas com suspeita ou confirmação de covid-19. Deste total, 23 estão estão em leitos comuns e 35 em UTIS.

Respiradores em utilização totalizam 11 no momento. Já a ocupação de UTIs públicas destinadas para tratamento de covid é de 96% – ou seja, apenas um dos 21 leitos de terapia intensiva credenciados ao SUS está disponível.

Os números de hoje (21/01/2021) foram retirados do sistema às 6h. Veja os dados completos:

MORADORES DE MURIAÉ

Total de confirmações: 6.536 (em relação ao boletim anterior: +44)
Pessoas vacinadas: 569
Pacientes ativos: 313 (em relação ao boletim anterior: -01)
Pacientes curados: 6.099 (em relação ao boletim anterior: +45)
Óbitos: 124 (em relação ao boletim anterior: sem alteração)
Em investigação (com exame): 118
Em monitoramento (sem exame): 37
Negativos: 7.493

MORADORES DE OUTRAS CIDADES ATENDIDOS EM MURIAÉ (estes números entram nas estatísticas das cidades de origem de cada paciente; a divulgação ocorre apenas a título de informação e transparência)

Total de confirmações: 661 (em relação ao boletim anterior: +05)
Pacientes ativos: 61 (em relação ao boletim anterior: -05)
Pacientes curados: 506 (em relação ao boletim anterior: +10)
Óbitos: 94 (em relação ao boletim anterior: sem alteração)
Em investigação (com exame): 11
Em monitoramento (sem exame): 02
Negativos: 845

Fonte: PMM


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo