Home / Notícias / Saúde e Bem-Estar / Mutirão de Cirurgia de Cataratas atenderá gratuitamente mais 40 pessoas no próximo dia 17

Mutirão de Cirurgia de Cataratas atenderá gratuitamente mais 40 pessoas no próximo dia 17


O segundo Mutirão de Cataratas será realizado pela Prefeitura de Muriaé, no próximo dia 17 de janeiro, a partir das 6h, no Prontocor. Quarenta pessoas serão atendidas nesta etapa. As outras 60 que fizeram a operação em dezembro de 2017 passarão por revisão. O benefício permitirá que as pessoas voltem a enxergar, melhorando assim a qualidade de vida dos atendidos.

A cirurgia é de extrema necessidade, pois quando a lente natural de dentro do olho humano (o cristalino) perde transparência, a qualidade da visão diminui e, caso não seja feita uma intervenção, pode levar à cegueira. “Estamos realizando o mutirão para que possamos devolver a visão para estas pessoas que estão com os olhos comprometidos. Também queremos eliminar as grandes filas de cirurgias, por isto, estamos realizando esta sequência de operações. Oferecemos aos pacientes a cirurgia, os óculos e o colírio adequado para a intervenção, assim como a revisão no período de um mês”, disse o secretário de Saúde, Paulo César de Oliveira.




A Prefeitura está realizando os Mutirões de Cataratas com recursos próprios. As verbas que deveriam vir mensalmente do Governo do Estado estão chegando com mais de três meses de atraso, dificultando a realização de muitos serviços na cidade. “Mesmo com os atrasos de repasse, estamos investindo na saúde. Licitamos e contratamos uma empresa para fazer as operações, assim como definimos que elas seriam realizadas no Prontocor. Lutamos muito e conseguimos reunir recursos para fazer esta sequência de cirurgias, diminuindo a fila de espera e construindo um caminho com mais saúde para os muriaeenses”, afirmou o prefeito Grego.

Mais informações: (32) 3729-3800.

Fonte: PMM

Confira também

Muriaé terá “Dia D” de vacinação contra pólio e sarampo neste sábado

O próximo sábado (18), das 8h às 16h30, será o “Dia D” de mobilização para …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *