O que é pneumonia viral? Entenda a doença do cantor Zé Felipe

Especialista explica os diferentes tipos da doença que fez o sertanejo cancelar shows dos próximos dias

Após ser diagnosticado com pneumonia viral, o cantor Zé Felipe, filho do sertanejo Leonardo, cancelou os shows que faria nos dias 30 e 31 de dezembro e 1º de janeiro.

Causada pelos vírus que provocam gripe, varicela, sarampo e Covid-19, a pneumonia viral tem gerado dúvidas no Brasil, principalmente pelo momento pandêmico que vive o país.

Conversamos com Margareth Dalcolmo, presidente da Sociedade Brasileira de Pneumologia e pesquisadora da Fiocruz no Rio de Janeiro sobre a doença.

“Pneumonia é uma doença infecciosa e inflamatória que atinge o pulmão, seja nos alvéolos ou no tecido intersticial e pode ter origem bacteriana ou viral. A origem viral tem sido cada vez mais frequente, dada a frequência maior de vírus, sobretudo depois da epidemia de vírus de transmissão respiratória, como H1N1, H3N2 e Covid-19.”

Quais as principais diferenças entre os tipos de pneumonia?

“A diferença é na manifestação por imagem. Umas podem ter um padrão mais alveolar, outras com um padrão que os especialistas chamam de vidro fosco, que são opacidades, no qual o pulmão fica branco. Neste caso, ele fica mais comprometido, com caso de síndrome respiratória aguda grave. Esses casos levam o paciente à terapia intensiva e eventualmente à necessidade de ventilação mecânica. As diferenças são basicamente clínicas, radiológicas ou tomográficas. Clinicamente, o resultado depende muito das condições da pessoa hospedeira. Isso está relacionado à idade, doenças cardiovasculares e obesidade.”

Como um paciente adquire pneumonia?

“Se for uma pneumonia viral epidêmica ela vai contagiando de uma pessoa para outras, depende da taxa de transmissibilidade. As pneumonias bacterianas não são contagiosas de uma pessoa para outra. É um fenômeno de natureza individual. Algumas pneumonias virais são de alta contagiosidade e outras não. Depende de qual é o fator epidêmico, qual é o agente causador, se é transmissível e o quanto é transmissível.”

Existe tratamento para a doença?

“O tratamento é completamente diferente. Uma pneumonia bacteriana se trata com antibiótico, e depende da gravidade. Existem dois tipos de pneumonia bacteriana, as que são adquiridas nas comunidades e as hospitalares. Dependendo da gravidade de cada uma delas, são tratadas com medicamentos antimicrobianos, antibióticos, na maioria das vezes via oral. Mas isso pode evoluir para uso de ventilação mecânica e as chamadas boas práticas de terapia intensiva. Para as pneumonias virais evitamos o uso de antibióticos. São normalmente tratadas com uso de oxigênio, quando o paciente tem queda na oxigenação do sangue, além dos cuidados para o paciente não transmitir a doença, como adotar o isolamento.”

De acordo com o Ministério da Saúde, os principais sintomas da pneumonia são:

* febre alta
* tosse
* dor no tórax
* alterações da pressão arterial
* confusão mental
* mal-estar generalizado
* falta de ar
* secreção de muco purulento de cor amarelada ou esverdeada
* toxemia (danos provocados pelas toxinas carregadas pelo sangue)
* prostração (fraqueza)

Fonte: Brasil 61

Receba nossas notícias direto no seu WhatsApp! Envie uma mensagem para o número (32) 99125-5754 ou pelo link https://wa.me/5532991255754

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo