Home / Notícias / Saúde e Bem-Estar / Prefeitura de Muriaé assume custeio total do pronto-socorro do HSP

Prefeitura de Muriaé assume custeio total do pronto-socorro do HSP

Após reuniões com a diretoria do Hospital São Paulo (HSP), a Prefeitura de Muriaé assumiu o compromisso de aumentar o valor do repasse mensal destinado à instituição, passando a cobrir integralmente os custos do pronto-socorro. O acordo vale, a princípio, até o fim do mês de junho, podendo ser prorrogado posteriormente.

De acordo com o prefeito Grego, os novos termos do convênio serão honrados por meio de remanejamentos feitos no orçamento do Poder Executivo. E ressaltou não haver a possibilidade de não se cumprir o compromisso – segundo ele, os levantamentos de viabilidade financeira já vinham sendo feitos desde o período de transição e foram estudados a fundo nas últimas semanas, desde o início da nova administração.

– Vamos deslocar verbas de outros setores, que também são importantes, porém entendemos que não são tão prioritários quanto a saúde, e destiná-las ao pronto-socorro do hospital. É um acordo histórico, inédito em nossa cidade e que será cumprido integralmente com recursos próprios do município – informa.




Embora seja oscilante mês a mês, o valor estimado para custeio do pronto-socorro é de quase R$4 milhões ao ano. De acordo com a diretoria do próprio HSP, 85% dos atendimentos feitos no local são direcionados a pacientes de Muriaé, enquanto 15% dizem respeito a pessoas de outras 10 cidades – Antônio Prado de Minas, Barão do Monte Alto, Eugenópolis, Miradouro, Miraí, Patrocínio do Muriaé, Rosário da Limeira, São Francisco do Glória, São Sebastião da Vargem Alegre e Vieiras.

Vale lembrar que, no último dia 10 de fevereiro, diante de recorrentes prejuízos financeiros com o pronto-socorro, o hospital convidou prefeitos, secretários de saúde e representantes de tais municípios para reunião, a fim de demonstrar a situação e de buscar soluções para se evitar o cancelamento do serviço de urgência e emergência. E o prefeito de Muriaé espera contar com o apoio das demais prefeituras em relação a esta causa.

– É natural que Muriaé seja responsável pela maior parcela dos repasses ao Hospital São Paulo, mas acreditamos que o custeio do pronto-socorro deva ser rateado também entre as demais cidades que utilizam o serviço. E confamos na sensibilidade de todos os prefeitos da nossa região, no sentido de abraçarem este compromisso junto conosco – pontua.




Melhoria dos postos de saúde é plano B para desafogar o pronto-socorro

Paralelamente à questão financeira, a Secretaria Municipal de Saúde de Muriaé já tem atuado em uma segunda frente de trabalho para promover o desenvolvimento da saúde pública e, como consequência, desafogar a rede de urgência e emergência. A proposta é melhorar o atendimento em todos os postos, com a finalidade de que casos sem gravidade possam ser resolvidos diretamente pela atenção básica.




Fonte: PMM

Confira também

Moradora do bairro Aeroporto recebe cadeira de rodas

A Prefeitura de Muriaé, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, cedeu uma cadeira de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *