Prefeitura de Muriaé mantém funcionamento do comércio e vai intensificar fiscalização

Nesta sexta-feira (29), a Prefeitura de Muriaé anunciou que vai manter o funcionamento do comércio na cidade, mas intensificando a fiscalização para exigir que os comerciantes sigam todas as restrições de funcionamento. Muriaé já chegou a nove mortes por coronavírus.

– Lamento e me solidarizo com os familiares dos acometidos pelo Covid-19 na cidade, mas lembro que nenhuma dessas mortes foi por falta de assistência médica. É importante reconhecermos a importância das equipes de Saúde, que estão na linha de frente e ainda mais expostos. Estamos investindo em equipamentos de proteção individual para resguardar a todos – afirmou o prefeito Grego.

O prefeito ainda anunciou que as ruas continuam sendo desinfetadas pelo Departamento Municipal de Saneamento Urbano (DEMSUR), que a Prefeitura segue tentando melhorar o novo local da Feira Livre, que recentemente foi asfaltado. A Feira Livre vem acontecendo aos domingos próximo ao Bahamas Mix, com uma espécie de “barreira” para quem quer acessar o espaço e sendo exigido uso de máscara por todos. A população ainda tem que fazer uso de álcool em gel e tem a temperatura medida.

Grego ainda ressaltou que na primeira semana de reabertura das academias um estabelecimento foi autuado. O Comitê Gestor de Enfrentamento ao Covid-19 reforçou seu posicionamento de endurecer a fiscalização aos comércios, incluindo notificações e suspensão de alvará para aqueles que insistirem em não cumprir as regras.

– O isolamento social tem vários níveis. Muitos questionam porque não fechamos tudo, mas tentamos evitar isso com o uso de máscaras por exemplo, que equivale a uma medida de distanciamento social. Fique em casa, só sai em extrema necessidade. Permita que quem precise sair para trabalhar saia. Quando reduzimos a circulação de pessoas na cidades conseguimos reduzir a circulação de disseminação do vírus. Existe a possibilidade de um aumento de casos e de termos de tomar medidas mais drásticas, incluindo o lockdown, mas esperamos que a população nos ajude. Tivemos um aumento de casos, mas temos características diferentes de outras cidades e temos reportado todos os casos positivos, incluindo aqueles realizados por laboratórios particulares. Temos tido muitos casos positivos em profissionais de Saúde que estão na linha de frente. A população em geral segue sendo testada em casos mais graves. Faço um apelo a Muriaé, que o distanciamento um pouco mais frouxo possa continuar, mas que os moradores usem a máscara e não saiam a toa e evitem aglomeração, principalmente o grupo de risco – disse o médico infectologista, Daniel Licy.

O secretário municipal de Saúde, Paulo César de Oliveira, apresentou os números atualizados da doença em Muriaé (confira abaixo na íntegra).

– O uso incorreto da máscara, com por exemplo abaixo do nariz não adianta. Precisamos proteger nossos familiares vulneráveis. Quando saio de casa sem máscara posso levar para minha residência o vírus, que para o grupo de risco poderá ser fatal. O período de incubação do vírus é de 14 dias, não sabemos como estaremos até lá. Não podemos relaxar. Se a ocupação de nossos leitos aumentar teremos que endurecer as normas de isolamento. Fizemos uma pesquisa na Via Saúde, de cada 10 pessoas que fazem uso do espaço, oito estão sem máscara. Muitas pessoas ainda estão fazendo uso do espaço em grupos, sem distanciamento com outras pessoas – afirmou.

Grego encerrou a live anunciando que a UPA está para ser inaugurada e vai auxiliar o atendimento público de Saúde na cidade.

– Por determinação do Comitê vamos intensificar a fiscalização na cidade, em especial com setores mais indisciplinados, principalmente os bares. As denúncias estão chegando e iremos atuar, com a Polícia Militar, Vigilância Sanitária e Código de Postura. Preciso contar com os comerciantes, que não abram fora do horário. Não queremos isso, nos ajude. Não pode ter venda de bebida alcoólica dentro do estabelecimento – disse.

Situação do coronavírus em Muriaé

Com mais dez resultados positivos de coronavírus, Muriaé chegou hoje a 171 casos confirmados da covid-19. Deste total, 146 pessoas são residentes na cidade, 94 pacientes ainda ativos, 68 já recuperados e nove mortes até o momento, sendo sete de pessoas do município.

Os testes positivados se referem a seis de pessoas do sexo feminino (com idades entre 36 e 62 anos) e a quatro do sexo masculino (com idades entre 34 e 61 anos). Destes, quatro pessoas residem fora de Muriaé.

Conforme orientação da Gerência Regional de Saúde, desde o dia 22 de maio os exames estão sendo enviados para a Universidade Federal de Viçosa (UFV).

Além de resultados da UFV, testes feitos em laboratórios particulares também estão sendo contabilizados nas estatísticas.

Veja outros números do novo coronavírus na cidade hoje:

* Em investigação – 34 pessoas estão com exames sendo feitos. O prazo estimado para entrega dos resultados atualmente é de três dias úteis;

* Em observação – 208 pacientes que apresentaram apenas sintomas leves de síndrome gripal recebem acompanhamento pela Secretaria Municipal de Saúde;

* Descartados e encerrados – com 17 testes negativos, 289 possíveis casos do novo coronavírus foram descartados até o momento. Já os pacientes que já tiveram observação encerrada somam 256.

Fonte: Guia Muriaé


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo