Prefeitura de Muriaé vai zerar fila de espera de cirurgia de cataratas

O Mutirão de Cirurgias de Cataratas está sendo realizado pela Prefeitura de Muriaé, nessa quinta-feira (21), no Prontocor, para atender mais de 100 pessoas que aguardavam em fila de espera há quase dois anos. Todos os pacientes realizaram os exames de biometria, microscopia, entre outros. Cerca de 60 pessoas já foram dirigidas para o processo cirúrgico, outras 40 deverão aguardar até o dia 21 de janeiro. As operações estão sendo realizadas a laser e irão permitir que dezenas de pessoas voltem a enxergar normalmente, retornando às suas atividades do dia a dia com qualidade de vida.

A Secretaria Municipal de Saúde está acompanhando todo o serviço e entregou a cada paciente, após a cirurgia, colírio específico e óculos de proteção. Muitas pessoas sofrem de cataratas nas duas vistas. Inicialmente, é preciso fazer a intervenção em um olho e, somente depois de 30 dias, no outro. “Esta cirurgia é preciso ser realizada com cautela dos profissionais e do paciente. Tem duração de 15 a 20 minutos, porém é preciso ficar um dia em repouso, sem olhar para cima ou para baixo e sem carregar qualquer tipo de peso” explicou o secretário de Saúde, Paulo César de Oliveira.

A Prefeitura de Muriaé está com os repasses do Governo Estadual atrasados há mais de três meses, assim como aguarda alguns recursos da União que ainda não entraram nos cofres públicos, deixando o município em dificuldades. “Vamos investir cada vez mais em saúde. Estamos realizando estas cirurgias com recursos próprios do município, dentro de um período em que todas as prefeituras estão passando por dificuldades. É um compromisso nosso. Para 2018, pretendemos oferecer outros tipos de mutirões, como de vesícula e de hérnia de disco, para oferecer mais saúde e qualidade de vida aos muriaeenses”, esclareceu o prefeito Grego.

Com os atendimentos em janeiro, a expectativa é que a fila de espera para a cirurgia de catarata seja zerada em Muriaé.

Pacientes que aguardavam em fila estão sendo atendidos

Alguns pacientes estavam aguardando na fila de espera há quase dois anos. Muitos sem enxergar nos dois olhos. “A catarata deixa as vistas embaçadas, fica difícil de avistar alguma coisa. Esta cirurgia veio em ótima hora. Assim, poderemos melhorar nossa qualidade de vida nesta virada de ano”, disse um dos inscritos, José Oscar Soares, 81 anos, morador da comunidade do Divisório, que realizou a operação nesta quinta-feira (21). Outra paciente que estava ansiosa pela cirurgia foi Maria de Jesus Correia, de 58 anos, que reside no bairro São Joaquim. “Fazer a cirurgia nos possibilitará ter uma visão melhor. Será o nosso presente. Queremos ver a vida com os olhos abertos. Vendo as coisas e sendo mais feliz”, finalizou Maria.

Fonte: PMM


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo