Profissionais da saúde pública recebem capacitação sobre novas regras do calendário de vacinação



A capacitação sobre as novas regras do Calendário de Vacinação 2018 e as formas de conservação e armazenamento de doses foi oferecida, nesta terça-feira (3), no Centro Administrativo, para treinar enfermeiros e técnicos de enfermagem da rede pública. A Prefeitura decidiu levar os conhecimentos para os profissionais que trabalham nas salas de imunização das Unidades Básicas de Saúde (UBS) e policlínicas da cidade, com o objetivo de dinamizar os serviços e melhorar os atendimentos aos pacientes.

O Programa Nacional de Imunização readaptou o calendário de 2018 de acordo com as necessidades da população brasileira, respeitando as estações do ano em que as doenças são mais comuns. Entre as mudanças, estão: a forma correta para a abertura de frascos; os prazos de validade e o novo cronograma para entrega de vacinas. “Precisamos fazer o treinamento para alinhar as estratégias de trabalho junto aos enfermeiros e técnicos da rede municipal. Este ano, foram feitas modificações em relação às vacinas contra varicela, em que passaremos a disponibilizar uma segunda dose para crianças com idades entre 4 e 6 anos, e a meningite C, que será aplicada em adolescentes que estejam na faixa etária de 11 a 14 anos”, disse a coordenadora do Centro Municipal, Priscila Secco.




“Os enfermeiros que atendem na sala de vacina também realizam outras funções e, até então, não tinham uma oportunidade importante como esta de reciclar e atualizar informações sobre as novas datas e formas de vacinação impostas pelo Ministério da Saúde”, avaliou a enfermeira da Unidade de Saúde do bairro São Francisco, Adriane Oliveira, que foi uma das participantes.

Capacitações tem objetivo de melhorar resultados na saúde de Muriaé

A capacitação faz parte do ciclo de palestras do Núcleo de Educação Permanente, da Administração Municipal, que busca aprimorar a qualidade do atendimento ao paciente. “O calendário se modifica conforme as doenças começam a surgir em determinadas regiões, em certas idades ou estações do ano. Estamos investindo no treinamento dos profissionais da rede pública para que eles saibam receber cada paciente. As mães custam a convencer os filhos a vacinar e, quando chegam nas unidades, precisam ser bem atendidas para que alcancemos, a cada dia mais, uma boa qualidade de vida para os muriaeenses”, declarou o prefeito Grego.

Fonte: PMM

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.