Home / Notícias / Saúde e Bem-Estar / Profissionais da saúde pública recebem capacitação sobre novas regras do calendário de vacinação

Profissionais da saúde pública recebem capacitação sobre novas regras do calendário de vacinação


A capacitação sobre as novas regras do Calendário de Vacinação 2018 e as formas de conservação e armazenamento de doses foi oferecida, nesta terça-feira (3), no Centro Administrativo, para treinar enfermeiros e técnicos de enfermagem da rede pública. A Prefeitura decidiu levar os conhecimentos para os profissionais que trabalham nas salas de imunização das Unidades Básicas de Saúde (UBS) e policlínicas da cidade, com o objetivo de dinamizar os serviços e melhorar os atendimentos aos pacientes.

O Programa Nacional de Imunização readaptou o calendário de 2018 de acordo com as necessidades da população brasileira, respeitando as estações do ano em que as doenças são mais comuns. Entre as mudanças, estão: a forma correta para a abertura de frascos; os prazos de validade e o novo cronograma para entrega de vacinas. “Precisamos fazer o treinamento para alinhar as estratégias de trabalho junto aos enfermeiros e técnicos da rede municipal. Este ano, foram feitas modificações em relação às vacinas contra varicela, em que passaremos a disponibilizar uma segunda dose para crianças com idades entre 4 e 6 anos, e a meningite C, que será aplicada em adolescentes que estejam na faixa etária de 11 a 14 anos”, disse a coordenadora do Centro Municipal, Priscila Secco.




“Os enfermeiros que atendem na sala de vacina também realizam outras funções e, até então, não tinham uma oportunidade importante como esta de reciclar e atualizar informações sobre as novas datas e formas de vacinação impostas pelo Ministério da Saúde”, avaliou a enfermeira da Unidade de Saúde do bairro São Francisco, Adriane Oliveira, que foi uma das participantes.

Capacitações tem objetivo de melhorar resultados na saúde de Muriaé

A capacitação faz parte do ciclo de palestras do Núcleo de Educação Permanente, da Administração Municipal, que busca aprimorar a qualidade do atendimento ao paciente. “O calendário se modifica conforme as doenças começam a surgir em determinadas regiões, em certas idades ou estações do ano. Estamos investindo no treinamento dos profissionais da rede pública para que eles saibam receber cada paciente. As mães custam a convencer os filhos a vacinar e, quando chegam nas unidades, precisam ser bem atendidas para que alcancemos, a cada dia mais, uma boa qualidade de vida para os muriaeenses”, declarou o prefeito Grego.

Fonte: PMM

Confira também

Muriaé terá “Dia D” de vacinação contra pólio e sarampo neste sábado

O próximo sábado (18), das 8h às 16h30, será o “Dia D” de mobilização para …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *