Sobe para oito o número de casos positivos de coronavírus em Muriaé

blankChegou a oito o número de casos confirmados de coronavírus em Muriaé – dois a mais do que domingo (19). Os exames que testaram positivo são de um idoso de 66 anos, com residência fora do município, e uma jovem de 20 anos, moradora da cidade.

Embora assintomático, o idoso está sendo monitorado, por se encontrar em tratamento hospitalar no município onde realizou alguns exames de rotina que confirmaram a suspeita.

A Funed também liberou mais dois resultados de amostras, as quais testaram negativo para covid-19. Um exame se refere a um bebê de 5 meses, e o outro é de uma criança do sexo feminino de 5 anos, ambos residentes em Muriaé. Com isso, o número de casos descartados subiu para 49.

Já o número de casos suspeitos de coronavírus diminuiu para 54 nesta terça-feira (21). Destas notificações, três se referem a casos em investigação, com amostras sendo analisadas pela Funed, e 51 estão em observação, ou seja, aqueles casos leves de síndrome gripal monitorados pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

Ao todo, 110 pacientes tiveram monitoramento encerrado por parte da SMS. Não há óbito registrado na cidade tendo o coronavírus como causa.

Os três casos em investigação estão com amostras sendo analisadas pela Funed, o único laboratório do SUS em Minas Gerais que está realizando testes de Covid-19. Os resultados têm previsão de serem divulgados entre oito e dez dias úteis. Já o monitoramento dos 51 casos em observação está sendo feito a cada 48 horas por telefone, conforme preconiza o protocolo do Ministério da Saúde.

Vale lembrar que, de acordo com normas técnicas da Secretaria de Estado de Saúde, apenas os casos graves e hospitalizados de síndrome respiratória aguda grave têm as amostras analisadas. Porém, em todos os casos, com ou sem coleta de material, os cuidados estão sendo tomados como se fossem um caso positivo.

Fonte: PMM


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Experimentoe o Novo Livre