Quatro são baleados e um morre em Leopoldina



Quatro pessoas foram baleadas, entre elas uma criança, na tarde desse sábado (17), em Leopoldina.

Por volta das 17h30, a Polícia Militar foi acionada e compareceu à Rua Armindo Joaquim Mourão, no bairro Tomé Nogueira, onde uma testemunha relatou que seu irmão estava na companhia de outras pessoas conversado em frente a sua residência, momento em que ouviu cerca de dez disparos de arma de fogo.

Após o fato, ela saiu para fora para verificar e deparou com seu irmão, de 19 anos, e Marcelo Mello Rocha, de 21 anos, caídos ao solo e sangrando. Seu irmão chegou a falar que três indivíduos encapuzados chegaram ao local e efetuaram os disparos contra os mesmos. Em seguida, eles evadiram a pé, descendo o morro. O SAMU prestou socorro as vítimas, que foram encaminhadas a Casa de Caridade Leopoldinense, sendo que Marcelo não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. O outro baleado está em estado grave.

A Perícia Técnica compareceu ao local dos fatos e realizou os trabalhos de praxe. Segundo testemunhas, vários disparos foram realizados também nos fundos do imóvel. No local foi constatada uma perfuração no muro da residência e recolhidas seis cápsulas calibre 38 deflagradas, além de três projéteis deformados.

Nesse ínterim, a PM recebeu informações sobre outras duas vítimas de disparos de arma de fogo do mesmo fato, que também deram entrada no hospital local. Uma jovem, de 23 anos, relatou que estava passando pelo local com seu filho, de 2 anos, momento em que ambos foram atingidos. Ela levou um tiro no quadril e seu filho no tornozelo direito.

Durante levantamentos, a PM identificou um suspeito. Um adolescente, de 17 anos, que relatou ter visto um cidadão se aproximando do local dos fatos e conseguiu evadir antes de ser atingido.

Segundo informações do site O Vigilante Online, a polícia acredita que o homicídio possa ter relação com o crime ocorrido em janeiro deste ano próximo aos Correios, no centro da cidade. Na ocasião, um jovem de 17 e um de 18 foram baleados e vieram a óbito.

A PM segue realizando rastreamento.

Fonte: Guia Muriaé, com foto de O Vigilante Online

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.