Muriaé e demais municípios da Zona da Mata terão programa contra Obesidade



Programa contra Obesidade do Governo de Minas

Promover entre os adolescentes com sobrepeso a mudança de hábito e o aumento da prática de atividades físicas. Este é o objetivo do novo programa do Governo de Minas “Geração Saúde”, lançado nesta quinta-feira, 20, e que deverá atuar em 99 municípios mineiros, sendo 15 da Zona da Mata.

A previsão é de que sejam atendidos Astolfo Dutra, Bicas, Carangola, Cataguases, Itamarati de Minas, Jequeri, Leopoldina, Manhuaçu, Manhumirim, Miraí, Muriaé, Pirapetinga, Ponte Nova, Viçosa e Visconde do Rio Branco. O Sistema de Vigilância Almentar e Nutricional (Sisvan) da Secretaria de Estado da Saúde possui cadastrados , na Zona da Mata, 2.125 jovens com sobrepeso e 802 já considerados obesos.

Por meio do programa, o Estado vai credenciar academias para a prática de exercícios e garantir o acompanhamento pelas equipes do Programa Saúde da Família (PSF) e do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF). Deverão ser investidos cerca de R$10 milhões para a implantação da iniciativa e os jovens participantes receberão orientação nutricional e de atividades físicas regularmente, visando à redução das consequências que o sobrepeso pode causar.

De acordo com o Ministério da Saúde, as doenças como diabetes, hipertensão, câncer e doenças cardiovasculares constituem um grave problema de saúde pública. Ainda segundo o Ministério da Saúde, as doenças crônicas são as principais responsáveis pela mortalidade no mundo, representando 60% de todas as mortes e nas últimas décadas tornaram-se as principais causas de óbito e incapacidade prematura.

O Geração Saúde será coordenado pelas Secretaria de Estado da Saúde e a de Esportes e da Juventude.

Fonte: Agência Minas, transcrito do Jornal Leopoldinense Online

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.