Copa América trouxe variante inédita do coronavírus ao Brasil

A Copa América chegou ao fim no último final de semana e trouxe para o Brasil uma variante inédita do coronavírus.

Trata-se de uma cepa identificada como B.1.621, originária da Colômbia. A variante foi encontrada em amostras de dois integrantes de delegações estrangeiras e já tinha sido detectada no Equador, Estados Unidos, Caribe e alguns países europeus.

O alerta foi emitido pelo Governo do Mato Grosso, que forneceu as amostras dos dois pacientes. Os times da Colômbia e do Equador se enfrentaram na abertura da Copa América, em 13 de junho, na Arena Pantanal, em Cuiabá.

O Instituto Adolfo Lutz, laboratório credenciado pelo Ministério da Saúde, confirmou a variante, que até então nunca tinha sido detectada no país.

– Os pacientes são ambos do sexo masculino, têm 37 e 47 anos e são provenientes do Equador e da Colômbia, respectivamente. A investigação epidemiológica dos casos está em andamento no estado de origem das amostras – afirmou o instituto, em nota.

O Ministério da Saúde apura os casos.

Fonte: Guia Muriaé, com informações do Jornal O Globo


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo