Cursos gratuitos, orientação profissional e vagas para conseguir emprego

Para quem está procurando emprego, cada diferencial no currículo conta. Os cursos de iniciação profissional, qualificação e aperfeiçoamento, com duração que varia de horas a alguns meses, possibilitam o ingresso no mercado de trabalho em um menor intervalo de tempo.

Existem ainda os cursos técnicos, de, no mínimo, 800 horas – o que corresponde a um ano. O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) tem diversas oportunidades para quem deseja desenvolver novas competências para o exercício de uma profissão ou mesmo incrementar a formação que já possui.

São cursos gratuitos, on-line e presenciais, além de serviços para orientação profissional e vagas de trabalho. Confira:

1MiO – Unicef

O SENAI se juntou à iniciativa, voltada para jovens de 14 a 24 anos. Já estão disponíveis 20 cursos de iniciação profissional e aperfeiçoamento, com duração de 4 a 30 horas, totalmente on-line, gratuitos e autoinstrucionais. Não há limite de vagas.

Interessados devem acessar o site da 1MiO e clicar na categoria SENAI. São listados os cursos com a descrição, carga horária, público-alvo e pré-requisitos. Ao selecionar “Quero fazer este curso!”, o usuário é direcionado para a página da Loja Mundo SENAI, onde poderá realizar a inscrição. Confira a lista:

Consumo eficiente de energia
Desenho arquitetônico
Desvendando a Indústria 4.0
Educação Ambiental
Empreendedorismo
Finanças pessoais
Logística (5´s e almoxarifado)
Metrologia
Noções Básicas de Mecânica Automobilística
Propriedade Intelectual
Segurança do Trabalho
Tecnologia da Informação e Comunicação
Cibersecurity Essentials
Desvendando o BIM
Desvendando o Blockchain
Get connected
HCIA 5G – Indústria de aplicações – HUAWEI
Introduction to Cibersecurity
Privacidade de proteção de dados (LGPD)
Projeto de hidráulicas com as bibliotecas BIM Amanco

Emprega Mais – Ministério da Economia

Por meio de vouchers, o SENAI está requalificando de graça trabalhadores da indústria e dando uma formação para desempregados ocuparem vagas no setor. Até abril, foram 33 mil vagas ofertadas em 26 estados para cursos de qualificação e de aperfeiçoamento profissional, presenciais e semipresenciais, com carga horária média entre 120 e 240 horas.

No Rio Grande do Norte, por exemplo, a Guararapes – líder no ramo têxtil e de confecção de roupas – indicou 383 pessoas para o curso de costureiro industrial do vestuário que acontece entre os dias 26 de abril e 5 de julho.

De maio a agosto, estão previstas 46.817 oportunidades em 23 estados. As indústrias podem requisitar os cursos e indicar profissionais, e pessoas físicas devem acessar as opções na Loja Mundo SENAI. É só clicar “para você”, escolher o estado e procurar por cursos gratuitos. Em caso de dúvidas, procure o SENAI do seu estado.

Loja Mundo SENAI

A loja virtual de cursos, chamada Loja Mundo SENAI, tem outras opções além daquelas previstas no Emprega Mais. O portfólio é atualizado regularmente, e pessoas de todo o Brasil podem conferir e se inscrever. Além disso, há ações promocionais, que são divulgadas nas redes sociais do SENAI: Facebook, Instagram e Twitter.

Gratuidade regimental

Anualmente, o SENAI destina 66,66% da sua Receita Líquida de Contribuição Compulsória Geral para viabilizar a oferta de vagas gratuitas nos Cursos Técnicos e de Formação Inicial e Continuada. O aluno que deseja solicitar a gratuidade com base na declaração de baixa renda deve procurar a unidade SENAI da sua região. Até março deste ano, o SENAI já registrava 265 mil matrículas na gratuidade.

Jovem aprendiz

Entre as matrículas da gratuidade, estão as da aprendizagem industrial, que conciliam um curso gratuito no SENAI com um contrato de trabalho de até dois anos com carteira assinada em empresas parceiras da instituição. Para ser jovem aprendiz, é necessário ter entre 14 e 24 anos, estar matriculado a partir do 9º ano do ensino fundamental/Educação de Jovens e Adultos (EJA) ou já́ ter concluído o ensino médio.

Os processos seletivos geralmente são realizados pelas próprias indústrias, podendo ser divulgados na página do SENAI. Até março deste ano, a instituição tinha registradas 140 mil matrículas de aprendizagem. Fique atento às oportunidades anunciadas pelas empresas e, para mais informações, procure o SENAI da sua região.

Iniciativas dos estados

Além dos programas do Departamento Nacional do SENAI, os Departamentos Regionais (DRs) têm iniciativas próprias, em parceria com governos estaduais e municipais e outras instituições para oferta de cursos on-line e presenciais gratuitos.

Por exemplo, o SENAI do Distrito Federal oferece junto à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação e à Fundação de Apoio à Pesquisa (FAP-DF), cursos presenciais de aperfeiçoamento, qualificação e habilitação técnica por meio do programa DF Inova Tech.

No Rio de Janeiro, o SENAI CETIQT está realizando a Corrida do Conhecimento, com cursos livres autoinstrucionais, gratuitos e à distância. As inscrições vão até o dia 30 de novembro e o participante tem até 30 dias para finalizar o curso selecionado após a matrícula. Os 12 melhores alunos da Corrida – os critérios de seleção incluem nota e participação em fóruns e no quiz – ganham bolsa de estudo integral de graduação ou pós-graduação.

Orientação profissional

O portal Mundo SENAI tem um serviço de orientação profissional, que ajuda na identificação do perfil, das habilidades e dos interesses da pessoa para indicar as melhores opções de carreira. A ferramenta utiliza inteligência artificial e analisa dois formulários, o de orientação básica e o de orientação socioemocional.

Vagas de emprego

O Contrate-me é uma plataforma que também utiliza inteligência artificial para promover o encontro entre o candidato ideal e a empresa. Quando a empresa abre um perfil, a plataforma realiza uma análise que considera não só as competências técnicas listadas nos currículos cadastrados, mas também as competências socioemocionais. Assim o empregador recebe uma lista mais assertiva dos candidatos para dar continuidade ao processo seletivo.

Até o momento, empresas de diferentes estados já solicitaram ranking para mais de 950 perfis, sendo que, para cada um desses perfis, a plataforma seleciona o número de candidatos que a contratante deseja. A própria empresa conduz o restante do processo seletivo, podendo preencher mais de uma vaga com os ranqueados. Interessados em se candidatar podem realizar o cadastro na plataforma de graça.

Fonte: Agência CNI


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo