INSS começa a pagar aposentadorias e pensões de julho

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começou a pagar, hoje (25), a aposentadoria ou pensão relativa ao mês de julho para os beneficiários que recebem o correspondente a um salário mínimo (R$ 1.212,00) e cujo número do cartão de beneficiário termina com o número 1 – desconsiderado o dígito verificador, ou seja, o último número após o traço.

Conforme a tabela de pagamentos anteriormente divulgada pelo instituto, os benefícios de um salário mínimo serão pagos nas próximas duas semanas, até 5 de agosto, conforme o número do cartão do beneficiário. Já os benefícios de quem recebe acima do piso nacional serão liberados entre os dias 1 e 5 de agosto, segundo a ordem prevista na tabela.

Calendário de pagamento de benefícios do INSS em 2022

Veja os pagamentos por período do ano para quem ganha até um salário mínimo

* Janeiro de 2022 – de 25 de janeiro a 07 de fevereiro
* Fevereiro de 2022 – de 21 de fevereiro a 09 de março
* Março de 2022 – de 25 de março a 07 de abril
* Abril de 2022 – de 25 de abril a 06 de maio
* Maio – de 25 de maio a 07 de junho
* Junho – de 24 de junho a 07 de julho
* Julho – de de 25 de julho a 05 de agosto
* Agosto – de 25 de agosto a 08 de setembro
* Setembro – de 26 de setembro a 07 de outubro
* Outubro – de 25 de outubro a 07 de novembro
* Novembro – de 24 de novembro a 07 de dezembro
* Dezembro – de 23 de dezembro a 06 de janeiro de 2023

Para quem ganha ACIMA de um salário mínimo

* Janeiro de 2022 – de 01 a 07 de fevereiro
* Fevereiro de 2022 – de 03 a 09 de março
* Março de 2022 – de 01 a 07 de abril
* Abril de 2022 – de 02 a 06 de maio
* Maio – de 01 a 07 de junho
* Junho – de 01 a 07 de julho
* Julho – de 01 a 05 de agosto
* Agosto – de 01 a 08 de setembro
* Setembro – de 03 a 07 de outubro
* Outubro – de 01 a 08 de novembro
* Novembro – de 01 a 07 de dezembro
* Dezembro – de 02 a 06 de janeiro de 2023

Mais de 36,4 milhões de segurados têm direito a algum benefício pago pelo INSS. Além das aposentadorias e pensões, também os valores pagos a título de auxílio-doença ou auxílio-reclusão não podem ser inferiores ao do salário mínimo.

Para saber o dia correto do pagamento consultando a tabela do instituto, o segurado precisa checar o número do seu benefício, composto por um conjunto de dez dígitos (por exemplo, 111.111.112-1). O seu número é o penúltimo, ou, no caso do exemplo, o 2. De posse desta informação, é preciso consultar a tabela, atentando se o valor do benefício é de um salário mínimo ou superior.

Fonte: Agência Brasil

Receba nossas notícias direto no seu WhatsApp! Envie uma mensagem para o número (32) 99125-5754 ou pelo link https://wa.me/5532991255754

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo